A emoção do toque: um toque pode valer mais do que mil palavras

A emoção do toque: um toque pode valer mais do que mil palavras
Pesquisa demonstrou que os humanos podem transmitir emoções por meio do toque tão bem quando pela expressão facial.
[Imagem: Matt Hertenstein Lab.]

Transmitindo emoções pelo toque

É lugar-comum dizer-se que uma imagem pode valer mais do que mil palavras. Agora esse ditado pode se tornar mais amplo, e passar a incluir o toque.

Segundo o pesquisador Matthew J. Hertenstein, da Universidade DePauw (EUA), é possível transmitir uma emoção por meio de um toque suave que não precisa durar mais do que cinco segundos.

A pesquisa, feita com estudantes universitários, demonstrou o toque pode ser quase tão eficaz para transmitir uma emoção quanto as expressões faciais.

Emoções positivas e emoções negativas

Durante o experimento, os voluntários deviam tocar outra pessoa tentando transmitir uma dentre oito emoções, sendo quatro negativas (raiva, medo, tristeza e repulsa) e quatro positivas (amor, felicidade, gratidão e compaixão).

Cada participante era livre para escolher o local do toque, que incluiu cabeça, rosto, braços, mãos, ombros, tronco e costas. Enquanto as mulheres escolheram tocar mais o rosto do que os homens, o reconhecimento da emoção transmitida foi semelhante entre os dois sexos.

Tão bom quanto expressões faciais

Dada a configuração do experimento, poder-se-ia atribuir à mera chance estatística, ao acaso, um acerto de 11% das emoções que se tentava transmitir. No momento do toque, a pessoa que era tocada ficava vendada.

Mas esse dado ficou entre 50 e 78%, dependendo da emoção que se tentava transmitir, do sexo de que tocava e de quem era tocado, do lugar onde se tocava e do tipo do toque.

Esses dados são muito semelhantes aos encontrados em experimentos que buscam detectar emoções dos outros por meio da voz ou das expressões faciais.

Segundo o estudo, publicado no exemplar de Agosto do jornal Emotion, além da capacidade de transmitir emoções pelo toque, parece haver uma espécie de codificação, por meio do qual os humanos tocam o outro de forma diferente, dependendo da emoção que estejam sentindo ou tentando transmitir.


Ver mais notícias sobre os temas:

Emoções

Sentimentos

Relacionamentos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.