Escorpiões picam 30 crianças por dia no estado de São Paulo

Vítimas

Quarenta crianças morreram no ano passado, só no estado de São Paulo, após terem sido picadas por escorpiões.

As crianças foram vítimas de 11 mil acidentes com escorpiões em 2011 em todo o estado - uma média de 30 por dia.

Entre os adultos, os casos somaram 46 mil - 126 por dia. Desse total, 51 pessoas morreram após serem picadas pelo animal.

Os dados estão em um levantamento feito pelo Instituto Butantan, por intermédio do Hospital Vital Brazil.

Dor de escorpião

"Os acidentes [com escorpiões] ocorrem em todas as faixas etárias. Os mais graves acontecem com as crianças: 60% dos óbitos notificados são de crianças menores de 14 anos", disse o diretor médico do hospital, Carlos Roberto de Medeiros.

Para evitar os acidentes, alguns cuidados básicos devem ser adotados, como manter limpos quintais, jardins e terrenos baldios, não acumulando entulho e lixo doméstico (veja mais dicas de prevenção abaixo).

Em caso de acidentes, a primeira medida que deve ser adotada é realizar compressas de água morna sobre a picada. Isso pode aliviar a dor até a chegada ao serviço de saúde mais próximo. Outro alerta é não usar gelo, água gelada ou álcool, pois podem piorar a dor.

"É fundamental que as pessoas procurem o hospital mais próximo de sua residência. Isso garantirá diagnóstico e tratamento mais eficaz," relata o médico.

Escorpiões urbanos

Segundo o médico, os tipos mais comuns de acidentes são os que envolvem escorpiões amarelos e marrons.

"O veneno deles age em terminações nervosas provocando, no local da picada, uma dor muito forte. O tratamento que se faz, de imediato, é tirar a dor por meio de anestesia local", explicou.

Do total de acidentes com escorpiões, disse o médico, aproximadamente 97% dos casos se limitam à dor. "No restante, temos os chamados sintomas sistêmicos, ou seja, além da dor local, a pessoa pode ter sudorese, vômitos e arritmias cardíacas. Nesses casos mais graves é preciso tomar soro."

Os acidentes com escorpiões ocorrem, geralmente, nos centros urbanos, alertou o médico. "Dentro das cidades, os escorpiões encontraram um local excelente em termos de procriação, onde têm abrigo, tais como caixas de esgoto, galerias, porões e [espaços com] acúmulos de entulhos, além de alimento, já que eles se alimentam de baratas."

Dicas para evitar acidentes com escorpiões

  • Vedar soleiras de portas com saquinhos de areia ou friso de borracha, colocar telas nas janelas, vedar ralos de pia, tanque e de chão com tela ou válvula apropriada;
  • Colocar o lixo em sacos plásticos, que devem ser mantidos fechados para evitar aparecimento de baratas, moscas e outros insetos, alimentos prediletos de escorpiões; examinar roupas, calçados, toalhas e roupas de cama antes de usá- las;
  • Andar sempre calçado e usar luvas de raspa de couro ao trabalhar com material de construção, lenha etc.·Aparar a grama dos jardins e recolher as folhas caídas.

O Hospital Vital Brazil disponibiliza o telefone (11) 2627-9528 de orientação em casos de emergência e acidentes com animais peçonhentos. O serviço funciona 24 horas por dia e orienta a população sobre o local mais próximo para atendimento.


Ver mais notícias sobre os temas:

Acidentes

Intoxicação

Contaminação

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.