Acupuntura e exercícios aliviam síndrome do ovário policístico

Acupuntura e exercícios aliviam síndrome do ovário policístico
Na eletroacupuntura as agulhas são estimuladas como uma fraca corrente elétrica de baixa frequência, similar à corrente gerada naturalmente no movimento muscular.
[Imagem: Wikimedia]

Síndrome do ovário policístico

A síndrome do ovário policístico, uma condição comum entre mulheres de várias idades, pode ser aliviada pelo uso da acupuntura e de exercícios físicos. A conclusão é de um estudo feito na Universidade de Gotemburgo, na Suécia.

Quase 10% das mulheres em idade reprodutiva apresentam a síndrome do ovário policístico. A síndrome se expressa por meio de um grande número de pequenos cistos imaturos nos ovários, causando distúrbios na produção hormonal e um aumento da secreção do hormônio masculino, a testosterona.

Isto significa que muitas mulheres com a síndrome do ovário policístico não ovulam normalmente. Além disso, a síndrome pode levar à infertilidade e eleva o risco de obesidade, de desenvolvimento do diabetes tipo 2 e do desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Causas da síndrome do ovário policístico

"Nós não sabemos ao certo o que causa essa condição, apesar dela ser tão comum. Tem sido observado que as mulheres com a síndrome frequentemente apresentam elevada atividade em uma parte do sistema nervoso que não controlamos conscientemente, conhecido como sistema nervoso simpático. Nós acreditamos que isso pode ser um importante fator por trás dessa síndrome," diz a Dra Elisabet Stener-Victorin, coordenadora do estudo.

Eletroacupuntura

Durante a pesquisa, um grupo de mulheres com síndrome do ovário policístico recebeu acupuntura regularmente por quatro meses. Elas receberam um tipo de acupuntura conhecida como eletroacupuntura, na qual as agulhas são estimuladas como uma fraca corrente elétrica de baixa frequência, similar à corrente gerada naturalmente no movimento muscular.

Um segundo grupo de mulheres recebeu monitores do ritmo cardíaco e foram instruídas a se exercitar ao menos três vezes por semana. Um grupo de controle foi informado sobre a importância dos exercícios e de uma dieta saudável, mas não recebeu nenhuma instrução específica.

Resultados simpáticos

O estudo mostrou que a atividade do sistema nervoso simpático foi mais baixo nas mulheres que receberam a eletroacupuntura. O ganho foi um pouco menor nas mulheres do grupo que se exercitou regularmente. E nenhuma alteração foi observada no grupo de controle.

"Aquelas que receberam a eletroacupuntura descobriram que sua menstruação se normalizou. Nós pudemos ver também que seus níveis de testosterona se tornaram significativamente mais baixos, e isso é uma observação importante porque níveis elevados de testosterona são fortemente ligados com um aumento na atividade do sistema nervoso simpático das mulheres," concluiu a pesquisadora.


Ver mais notícias sobre os temas:

Acupuntura

Saúde da Mulher

Terapias Alternativas

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.