Ame a si mesmo para ficar saudável

Ame a si mesmo para ficar saudável
Segundo o psicólogo, o suporte de pessoas que deem feedbacks positivos convincentes tem um efeito muito maior do que simplesmente ficar tentando pensar positivamente.
[Imagem: Wikimedia]

Benefícios da auto-estima

Ter uma auto-estima elevada não gera só uma sensação de bem-estar - esse estado emocional também gera benefícios físicos.

Parece que pensar bem sobre nós mesmos pode oferecer uma proteção efetiva sobre o coração e o sistema imunológico.

Uma alta auto-estima nos faz sentir mais seguros quando nos confrontamos com ameaças. Ainda que, na sociedade moderna, essas ameaças tendam a ser relacionados mais ao status social do que a perigos físicos.

A conclusão é da equipe do psicólogo Andy Martens, da Universidade de Canterbury, na Nova Zelândia.

Da mente para o corpo

Os pesquisadores queriam saber se os efeitos benéficos da auto-estima vão além do nível emocional, e se seriam capazes de interferir com nossas respostas fisiológicas.

Para descobrir, eles realizaram uma série de experimentos envolvendo um total de 184 participantes.

Em um estudo, os participantes receberam feedbacks falsos sobre sua inteligência ou sua personalidade, feedbacks esses que foi estruturados para aumentar ou diminuir sua auto-estima.

Em outro estudo, foi-lhes pedido para dar notas aos seus níveis naturais de auto-estima. Isso foi repetido todos os dias durante duas semanas.

Para monitorar as respostas fisiológicas, os cientistas analisaram a atividade do tônus vagal cardíaco dos participantes - uma medida de quão fortemente o sistema nervoso parassimpático influencia o coração.

O sistema nervoso parassimpático age para acalmar o coração, enquanto o sistema nervoso simpático prepara o corpo para a ação - seja a ação de lutar ou de correr.

Como o parassimpático ameniza o estresse e diminui as inflamações, quando ele fica deficiente o corpo pode sofrer com problemas cardiovasculares ou com doenças autoimunes.

Auto-estima e saúde

Os resultados mostraram uma correlação entre uma auto-estima elevada e um tônus vagal mais elevado.

O efeito foi relativamente pequeno, mas Martens e seus colegas afirmam que este é o primeiro estudo a mostrar como uma mudança na auto-estima pode levar a uma mudança imediata na fisiologia - um passo importante no sentido de "preencher a lacuna" entre a auto-estima e a saúde.

Como aumentar sua auto-estima? Martens sugere cercar-se de amigos e familiares que o apoiem. Segundo o psicólogo, o suporte de pessoas que deem feedbacks positivos convincentes tem um efeito muito maior do que simplesmente ficar tentando pensar positivamente.


Ver mais notícias sobre os temas:

Auto-imagem

Emoções

Sentimentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.