Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

29/03/2016

Analgésico opiáceo vira droga no Canadá

Com informações da BBC

Analgésico viciante

Poucas décadas atrás, um professor da Universidade de Alberta, no Canadá, estava tentando desenvolver um analgésico que acabasse com todos os tipos de dor, até as mais agudas, em apenas um comprimido.

O professor Ed Knaus conseguiu seu objetivo em 1981, ao sintetizar um opiáceo - ou opioide - que ele batizou de W-18, uma substância analgésica apontada como sendo 10 mil vezes mais potente que a morfina.

No entanto, o invento não foi o sucesso que o pesquisador esperava.

"Nossa intenção era criar um analgésico milagroso mas, depois dos primeiros testes, o descartamos porque percebemos que ele tinha potencial de se tornar viciante," afirmou Knaus.

Fentanil

Durante anos, a droga, que nunca tinha sido testada em humanos de forma documentada, ficou arquivada, tida como um projeto fracassado e aparentemente sob controle.

No entanto, no fim de janeiro de 2016 a polícia de Calgary, no Canadá, divulgou uma informação alarmante: a droga W-18 foi apreendida nas ruas.

"É preocupante o fato de este comprimido estar nas ruas, porque no ano passado tivemos vários casos de morte por overdose causada por outro opiáceo, o fentanil, que, de alguma forma está relacionado," disse o coordenador da equipe antinarcóticos da polícia de Calgary, Martin Schiavetta. "Enviamos para análise vários comprimidos encontrados depois dessa primeira apreensão e estamos esperando os resultados."

A crise dos opiáceos já havia disparado com o próprio fentanil, que é cem vezes mais poderoso que a morfina e já havia sido considerado a "droga do verão" pela polícia de Calgary, depois da apreensão de 21 mil comprimidos durante os primeiros dez meses de 2015.

Uma das possíveis causas da aparição da W-18 foi justamente a alta taxa de mortalidade relacionada ao fentanil. Com isso, a demanda pelo fentanil caiu e a busca por outras drogas aumentou.

W-18

"A maioria dos comprimidos (ilegais) veio da China. E o problema tem a ver com a disponibilidade e acessibilidade. Estamos com um comprimido 10 mil vezes mais poderoso que a morfina, mas os traficantes de drogas nas ruas não sabem o que estão vendendo," disse Schiavetta.

Os comprimidos de W-18 foram apreendidos justamente misturados com comprimidos de fentanil.

Apesar de seus efeitos devastadores, a W-18 ainda não está na lista de substâncias proibidas pelo governo do Canadá, mas o departamento de saúde do país já pediu sua inclusão imediata.

O temor do Canadá diante da aparição de uma nova e mais poderosa droga é justificado: o país é o que registra o maior número de receitas médicas para opiáceos em todo o mundo.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vícios

Drogas Lícitas

Medicamentos

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Ultrassom no 1º trimestre de gravidez pode agravar autismo

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão