Descoberta sobre fecundação pode levar a anticoncepcionais não hormonais

Descoberta sobre fecundação pode levar a anticoncepcionais não hormonais
A ativação de um canal de íons de cálcio que aumenta a atividade dos espermatozoides pode permtir a criação de anticoncepcionais não hormonais.
[Imagem: Nature]

Anticoncepcionais não hormonais

Cientistas identificaram um mecanismo molecular, desconhecido até hoje, que ajuda o espermatozoide humano a detectar e chegar até os óvulos.

A descoberta mereceu dois artigos complementares, publicados nesta quinta-feira no site da revista Nature.

De acordo com a publicação científica, as pesquisas destacam o papel de um inusitado canal de íons e poderá ajudar no desenvolvimento de novas classes de anticoncepcionais não hormonais.

Íons e hormônios

Células do cúmulos (que envolvem os óvulos) liberam progesterona, a qual induz o influxo de íons de Ca2+ (cálcio) nos espermatozoides.

A progesterona é um hormônio esteroide, produzido, a partir da puberdade, pelo corpo lúteo (que também libera estrógeno) e pela placenta durante a gravidez.

O influxo de íons de Ca2+ leva a um aumento na atividade dos espermatozoides e estimula o movimento da célula reprodutiva masculina em direção ao óvulo.

Os novos estudos ajudam a esclarecer os mecanismos desse processo.

Canal da fecundação

Os cientistas demonstraram que a progesterona ativa um canal de cálcio sensitivo ao pH chamado CatSper, o que causa um rápido influxo de íons de cálcio nos espermatozoides.

Como outros hormônios esteroides, a progesterona atua normalmente por meio de um receptor intracelular, mas as novas pesquisas destacam que, nos espermatozoides, o hormônio feminino pode sinalizar por meio de um mecanismo não genômico.

Se a ativação do CatSper é o único efeito da progesterona na sinalização de Ca2+ é algo que futuras pesquisas poderão esclarecer.

Os estudos independentes foram conduzidos pelo grupo de Yuriy Kirichok, na Universidade da Califórnia em São Francisco, Estados Unidos, e pela equipe de Benjamin Kaupp, do Centro Europeu de Estudos e Pesquisas Avançadas.


Ver mais notícias sobre os temas:

Gravidez

Sexualidade

Reprodução Assistida

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.