Anticoncepcional masculino tem resultados positivos em animais

Contraceptivo masculino

Criar uma pílula anticoncepcional para homens é um objetivo longamente perseguido pelos cientistas, até agora sem sucesso.

Novas esperanças surgiram agora, com a publicação de uma pesquisa realizada por médicos do Instituto do Câncer Dana-Farber e da Universidade Baylor (EUA).

Os primeiros testes, realizados em animais, apontam para a possibilidade de desenvolvimento de um contraceptivo masculino tomado por via oral.

"Nossos resultados demonstram que, quando ministrado a roedores, esse composto produz um decréscimo rápido e reversível na contagem e na mobilidade dos espermatozoides, com efeitos profundos sobre a fertilidade," disse o Dr. James Bradner, orientador do estudo.

Espermatogênese

O composto ministrado às cobaias é o JQ1, um químico que passa pela barreira sangue-testículos e interrompe a espermatogênese, o processo pelo qual o espermatozoide se desenvolve.

O estudo mostrou que a produção do esperma é retomada quando o JQ1 deixa de ser ministrado.

Não foram registradas alterações na produção de testosterona e no comportamento de cópula dos animais - um eventual indicador de manutenção da libido.

Os filhotes nascidos desses pais que haviam tomado o JQ1 nasceram saudáveis.

Oral e reversível

"Esses resultados sugerem que um contraceptivo masculino, oral e reversível, pode ser possível," disse o Dr. Bradner.

Ainda não há previsão de quando o composto poderá ser testado em humanos, o que somente poderá ser feito depois que se comprovar que o JQ1 não é tóxico para o homem.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sexualidade

Reprodução Assistida

Saúde do Homem

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.