Anticorpos contra o HIV são descobertos no leite materno

Anticorpos contra o HIV são descobertos no leite materno
O HIV-1 pode ser transmitido de mãe para filho através da amamentação, mas apenas 1 em cada 10 mães infectadas pelo HIV passam o vírus aos seus bebês.
[Imagem: Cortesia Gates Foundation]

Remédio de mãe

Anticorpos que ajudam a impedir a infecção pelo vírus HIV foram encontrados no leite materno humano.

Pesquisadores da Universidade Duke (EUA) isolaram os anticorpos de células do sistema imunológico, chamadas células B, no leite materno de mães soropositivas.

A seguir, eles demonstraram que as células B no leite materno podem gerar anticorpos neutralizantes que inibem o vírus que causa a AIDS.

Proteção do leite materno

O HIV-1 pode ser transmitido de mãe para filho através da amamentação, o que é um grande problema para as práticas de alimentação infantil segura em áreas de alta prevalência do vírus.

Contudo, apenas 1 em cada 10 mães infectadas pelo HIV passam o vírus aos seus bebês.

"Isso é notável, porque as crianças são expostas [ao vírus] várias vezes por dia durante o primeiro ano de vida," diz a Dra. Sallie Permar, líder do estudo.

Os médicos então começaram a se questionar se haveria uma resposta imunológica que protege os outros 90% das crianças.

Eventualmente, essa resposta poderá ser usada para desenvolver uma profilaxia durante a amamentação para as mães infectadas, evitando inteiramente a transmissão do vírus para as crianças.

Mucosas

Mas os resultados podem ser importantes também para as pesquisas para uma vacina contra o HIV-1.

Isto porque os dois anticorpos com propriedades neutralizantes do HIV-1 agora isolados do leite materno dizem algo sobre a transmissão adulto-adulto, e não apenas sobre a transmissão de mãe para filho.

A Dra. Permar conta que a transmissão do HIV-1 ocorre sobretudo nas mucosas do corpo - superfícies revestidas com células epiteliais, tais como o trato gastrointestinal ou o tecido vaginal.

Os compartimentos mucosais todos têm suas próprias células imunológicas.

"Estamos entusiasmados com esta descoberta porque as células do sistema imunológico nos compartimentos da mucosa podem trocar informações e migrar entre os compartimentos", disse Permar. "Assim, os anticorpos que foram encontrados no leite materno podem agir em outros tecidos."


Ver mais notícias sobre os temas:

Desenvolvimento de Medicamentos

Vírus

Amamentação

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.