Anvisa proíbe comercialização do kit ressaca

Kit ressaca

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a proibição da comercialização do chamado kit ressaca, uma embalagem única contendo vários medicamentos, todos do mesmo laboratório.

O Kit Ressaca é uma embalagem plástica com uma aba de papelão grampeada, na qual foram incluídos duas caixas dos medicamentos Hepatox e Gastroliv, e uma caixa do medicamento Neralgyn, todos da empresa Cifarma Científica Farmacêutica Ltda.

A suspensão foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (9/3).

Kits promocionais de medicamentos

A medida é ampla, indo além do kit ressaca. Na verdade, a Anvisa proibiu a venda de todos os materiais promocionais em forma de kits compostos por medicamentos.

A Anvisa esclareceu que os medicamentos do kit ressaca têm registro e podem ser comercializados separadamente. Estando em conformidade com a prescrição médica, os medicamentos individualmente não representam risco para a saúde da população.

A comercialização de kits promocionais de medicamentos é ilegal. A farmácia ou drogaria que utilizar o artifício para ampliar suas vendas incorre em infração sanitária e está sujeita a penalidades e multas previstas na Lei 6437/77.


Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos

Drogas Lícitas

Laboratórios

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.