Aparelho que prevê câncer de mama começa a ser testado no HC

Aparelho que prevê câncer de mama começa a ser testado no HC

[Imagem: Divulgação]

Indícios do câncer de mama

Um novo aparelho, capaz de diagnosticar células precursoras do câncer de mama, está em teste pelo Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP).

O equipamento aspira eventuais secreções da mama que, quando presentes, indicam maior possibilidade da mulher vir a ter câncer. Os primeiros resultados dos exames revelam que, das 120 pacientes que passaram pelo procedimento, 40,8% tiveram secreção colhida dos ductos mamários.

Secreções da mama

O aparelho testado no Hospital leva apenas cinco minutos para aspirar secreções da mama, presentes em menos da metade das mulheres e mais frequentes na faixa etária dos 35 aos 45 anos. Nos Estados Unidos, o Halo, como é chamado, vem sendo usado há dois anos. Já no HC, os experimentos começaram em outubro de 2008.

O novo aliado na prevenção do câncer é composto de dois cones descartáveis, revestidos de silicone, que coletam o material do ducto mamário. Mulheres que não apresentam secreção têm menor risco de vir a desenvolver câncer de mama. As que têm secreção com células normais correm risco maior; e as que apresentam células atípicas no liquido extraído são sérias candidatas a desenvolver a doença.

Predisposição ao câncer

"Das 120 pacientes analisadas, 1,25 % apresentaram células atípicas", informa, José Roberto Filassi, responsável pelo setor de Mastologia do HC, enfatizando a eficácia dos testes preliminares na coleta de células modificadas, que podem vir a se desenvolver em um tumor.

"O objetivo do novo equipamento é poder detectar nas mulheres a predisposição ao câncer de mama, "como o papanicolau", diz Filassi, referindo-se ao exame preventivo de câncer de colo de útero que detecta lesões e anomalias.

Apontar a possibilidade futura de câncer é apenas uma das finalidades do novo aparelho. De acordo com Filassi, um novo teste será feito para verificar a eficácia do equipamento no diagnóstico de câncer. "Realizaremos a sucção do líquido em mulheres com tumores suspeitos, antes de serem submetidas à biópsia. Então, vamos comparar os resultados das biópsias com a análise do líquido coletado e ver se o aparelho também é capaz de apontar a presença de câncer no organismo", anuncia.


Ver mais notícias sobre os temas:

Equipamentos Médicos

Prevenção

Saúde da Mulher

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.