Aplicativo de celular ajuda a identificar morcegos

Aplicativo de celular ajuda a identificar morcegos
Intuito é informar e amenizar a preocupação de quem encontrar morcegos, animais importantes nos diversos ecossistemas.
[Imagem: Unesp]

Que morcego é este?

Com o objetivo de orientar a população e promover educação ambiental, os professores Wilson Uieda (Unesp de Botucatu - SP) e Fernanda Andrade (Instituto Federal do Pará de Tucuruí) criaram um aplicativo gratuito que permite a identificação de morcegos pelo celular.

O aplicativo, chamado Achei Morcegos, pode ser acessado por meio da Play Store em celulares com o sistema operacional Android.

O canal permite enviar fotos de morcegos e, a partir dessas imagens, os pesquisadores auxiliarão no reconhecimento da espécie do mamífero, fornecerão informações sobre o seu hábito, além de oferecer orientações sobre quais medidas devem ser adotadas pelo usuário desse serviço.

Achei Morcegos

Segundo o professor Uieda, além de auxiliar a comunidade, o aplicativo pode colaborar para desmistificar a ideia que geralmente se tem em relação à periculosidade dos morcegos.

A ideia é amenizar a preocupação das pessoas ao encontrá-los, e também contribuir para a sensibilização da importância de conservação desses animais.

Nas primeiras duas semanas de operação do aplicativo, os pesquisadores já receberam imagens de diversos estados como Santa Catarina, Espírito Santo, Pará e Piauí.

Mais informações podem ser obtidas também pela internet, no site http://www.acheimorcegos.com.br/, reunirá informações complementares referentes aos registros fotográficos encaminhados a partir do aplicativo.


Ver mais notícias sobre os temas:

Softwares

Prevenção

Preconceitos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.