Atividade física melhora funções cognitivas

Academia mental

Uma rotina regular de exercícios físicos pode deixar você mais em forma do que nunca - mentalmente falando.

É o que demonstra um estudo realizado pelo Dr. Martin Juneau, do Instituto do Coração de Montreal (Canadá).

Adultos previamente sedentários foram submetidos a quatro meses de treinamentos físicos típicos do que se faz em uma academia.

Ao final, suas funções cognitivas - a capacidade de pensar, recordar e tomar decisões rápidas - melhoraram significativamente.

Fisicamente em forma

O estudo piloto analisou adultos, com idade média de 49 anos, que estavam com sobrepeso e inativos.

O Dr. Juneau e sua equipe mediram as funções cognitivas com testes neuropsicológicos, bem como composição corporal, fluxo de sangue para o cérebro, rendimento cardíaco e capacidade máxima de exercícios.

Os participantes começaram então uma rotina de treinamento com uma bicicleta ergométrica e circuito de musculação, duas vezes por semana.

Depois de quatro meses - o que não surpreende - o peso, índice de massa corporal, massa gorda e circunferência da cintura estavam significativamente mais baixos. Também a capacidade física máxima para os exercícios aumentou, em 15%.

O que surpreendeu, contudo, é que a função cognitiva também aumentou.

Mentalmente em forma

Essencialmente, quanto mais os voluntários se exercitavam, e quanto mais peso eles perdiam, melhor se saíam em todos os testes cognitivos.

O fluxo de sangue para o cérebro aumenta durante as atividades físicas.

Quanto mais em forma você vai ficando, maior é esse aumento.

Um declínio na função cognitiva é uma parte normal do envelhecimento, e essa queda pode ser pior para pessoas que têm doenças coronarianas.

"É reconfortante saber que você pode pelo menos parcialmente prevenir esse declínio cognitivo por meio de exercícios físicos e da perda de peso", diz o Dr. Juneau.

O estudo reforça um trabalho divulgado recentemente, que mostrou que os exercícios físicos podem ser o melhor remédio para um cérebro cansado.


Ver mais notícias sobre os temas:

Atividades Físicas

Cérebro

Educação

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.