Bactéria amigável protege contra diabetes do tipo 1

Bactéria que protege contra o diabetes

Em uma dramática demonstração do potencial dos micróbios na prevenção de doenças, pesquisadores das universidades de Yale e Chicago, nos Estados Unidos, demonstraram que camundongos expostos a uma bactéria intestinal comum em humanos ficaram protegidos contra o desenvolvimento do diabetes tipo 1.

Hipótese da higiene

A descoberta, publicada na revista Nature, dá suporte à chamada "hipótese da higiene" - a teoria segundo a qual a falta de exposição a parasitas, bactérias e vírus está levando a um risco crescente de doenças como alergias, asma e outras disfunções do sistema imunológico (a esse respeito, leia a reportagem Nosso sistema imunológico pode estar ficando preguiçoso).

Os resultados também sugerem que a exposição a algumas formas de bactérias podem realmente ajudar a prevenir o surgimento do diabetes do tipo 1, uma doença auto-imune na qual o sistema imunológico do paciente lança um ataque sobre as células do pâncreas que produzem a insulina.

Causas das doenças auto-imunes

As causas das doenças auto-imunes têm sido objeto de intensas investigações de cientistas ao redor do mundo.

Na última década, tornou-se evidente que o meio ambiente desempenha um papel importante no desenvolvimento de algumas respostas exageradas do sistema imunológico. Por exemplo, pessoas em locais menos desenvolvidos do mundo têm uma baixa taxa de alergia, mas quando elas se mudam para países desenvolvidos a taxa aumenta drasticamente.

Bactéria amigável

Na pesquisa publicada na Nature, a equipe de Li Wen e Alexander V. Chervonsky relata que camundongos diabéticos não-obesos com imunidade inata deficiente foram protegidos do diabetes em condições normais. Entretanto, quando eles são levados para um ambiente livre de germes, perdendo a bactéria amigável do intestino, os camundongos desenvolveram um diabetes grave.

Os camundongos diabéticos não-obesos expostos à bactéria benigna normalmente encontrada no intestino humano ficaram muito menos propensos a desenvolver o diabetes, relatam os pesquisadores.

"Entender como a bactéria intestinal age no sistema imunológico para influenciar se o diabetes e outras doenças auto-imunes irão ocorrer é muito importante," diz Li. "Esse entendimento poderá nos permitir projetar formas de alvejarmos o sistema imunológico através da alteração do equilíbrio de bactérias amigáveis do intestino e proteger contra o diabetes."


Ver mais notícias sobre os temas:

Sistema Imunológico

Bactérias

Higiene Pessoal

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.