Bahia ganha centro especializado em células-tronco

Bahia ganha centro especializado em células-tronco
Centro de Biotecnologia e Terapia Celular pretende impulsionar pesquisas em doenças hepáticas, cardíacas, neurológicas e renais nas regiões Norte e Nordeste do Brasil.
[Imagem: Divulgação]

Biotecnologia e Terapia Celular

O Centro de Biotecnologia e Terapia Celular (CBTC), que pretende impulsionar as pesquisas com células-tronco em doenças hepáticas, cardíacas, neurológicas e renais nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, acaba de ser inaugurado em Salvador.

A intenção é que doenças degenerativas e traumáticas como epilepsia, insuficiência renal aguda e diabetes tipo 1 e 2 sejam, no local, alvo tanto de pesquisas básicas como aplicadas.

Células-tronco induzidas

Resultado de um convênio entre o Hospital São Rafael e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o centro, construído em uma área de cerca de 700 metros quadrados, atuará na produção de células-tronco induzidas - produzidas a partir de tecidos como os da pele, por exemplo, mas que se comportam como células-tronco embrionárias.

Segundo a Fiocruz, o centro, que começa a operar com uma equipe de 30 pessoas entre pesquisadores, estudantes e técnicos, deverá ainda desenvolver novos produtos biotecnológicos e prestar serviços nas áreas de biologia molecular, citogenética, citometria de fluxo e criopreservação.

Terapia Celular

O CBTC integra a Rede Nacional de Terapia Celular (RNTC) e foi elaborado de acordo com padrões avançados em termos de estrutura física e equipamentos, sendo que suas atividades serão divididas em três áreas.

A Unidade de Células Humanas, responsável pelo preparo de células-tronco humanas para uso terapêutico, potencializará os estudos e uso de células-tronco mesenquimais, que possuem grande capacidade de se renovar e se diferenciar em várias linhagens.

No Laboratório de Pesquisas será realizada a caracterização genética, molecular, fenotípica e funcional das células-tronco, além do desenvolvimento de moléculas candidatas a novos fármacos, enquanto que o Biotério, por sua vez, tem a capacidade de abrigar até 4 mil roedores e de produzir animais transgênicos.


Ver mais notícias sobre os temas:

Células-tronco

Desenvolvimento de Medicamentos

Genética

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.