Cientistas criam berço para células-tronco

Cola para células

Há um material que é essencial para o desenvolvimento das células-tronco, maximizando sua adesão e funcionando como uma espécie de estrutura interna de suporte.

Responsável pela adesão entre as células, esse material pegajoso está presente na matriz extracelular, um composto proteico responsável pela adesão entre as células - proteínas diferentes geram tecidos com morfologias diferenciadas.

Agora, pela primeira vez, cientistas conseguiram criar uma versão artificial desse material pegajoso que serve de suporte para as células-tronco.

Cientistas criam berço para células-tronco
Estruturas anteriores criadas por outras equipes devem ter falhado justamente por serem homogêneas demais, enquanto o material natural apresenta uma disposição aleatória.
[Imagem: Viswanathan et al./JACS]

O novo material deverá ser útil imediatamente para todas as equipes que trabalham com células-tronco ao redor do mundo, permitindo estruturar biomateriais adequados para o cultivo dessas células em laboratório.

Aleatoriedade natural

Giuseppe Battaglia e seus colegas ingleses e britânicos usaram espumas sintéticas para imitar o processo natural, recriando pontos de apoio pegajosos aleatórios.

"O que foi surpreendente para a equipe foi que, quando permitimos que as células-tronco aderissem às espumas, verificamos que a viscosidade aleatória era necessária para as células-tronco aderirem adequadamente," disse o pesquisador da Universidade de Sheffield, no Reino Unido.

Em sua avaliação, estruturas anteriores criadas por outras equipes devem ter falhado justamente por serem homogêneas demais, enquanto o material natural apresenta uma disposição aleatória.

A intensidade exata da adesão também é essencial para o crescimento adequado das células-tronco: elas não podem ficar nem grudadas demais, e nem soltas demais.


Ver mais notícias sobre os temas:

Células-tronco

Transplantes

Sistema Imunológico

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.