Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

05/03/2012

Biomaterial leva oxigênio para células produtoras de insulina

Redação do Diário da Saúde
Biomaterial leva oxigênio para células produtoras de insulina
O biomaterial se mostrou eficaz para manter vivas células produtoras de insulina, criando um ambiente que se aproxima de um "pâncreas artificial". [Imagem: Pedraza et al./PNAS]

Pâncreas artificial

Um novo material capaz de liberar oxigênio em nível celular pode iniciar uma verdadeira revolução nos laboratórios de biologia e de medicina.

Mas os benefícios deverão vir sobretudo para as pessoas com diabetes.

O biomaterial se mostrou eficaz para manter vivas células produtoras de insulina, criando um ambiente que se aproxima de um "pâncreas artificial".

Esta é a primeira vez que os cientistas conseguem levar oxigênio localmente para células beta usando um material artificial.

Oxigênio para as células

O objetivo fundamental dos pesquisadores é desenvolver um sistema artificial para manter vivas as células produtoras de insulina antes e após um transplante.

Um dos maiores problemas com o transplante de células, particularmente de células beta, é suprir a elevada demanda dessas células por nutrientes logo após o transplante.

Nos dias seguinte à implantação, as novas células não têm ainda uma rede vascular funcional que possa lhes levar oxigênio, e grande parte delas acaba morrendo.

Para resolveu o problema, a Dra Cherie Stabler e seus colegas do Instituto de Pesquisas em Diabetes (EUA) desenvolveram o novo material gerador de oxigênio, chamado PDMS-CaO2.

Biomaterial

Quando exposto à água, o novo biomaterial começa a gerar oxigênio espontaneamente, criando um ambiente rico em nutrientes, graças ao suprimento sustentado de oxigênio.

Esse microambiente fica ativo por mais de seis semanas, o que é mais do que o suficiente para a vascularização natural das células implantadas.

A equipe demonstrou a funcionalidade da nova técnica incubando células beta e ilhotas em condições que imitam o pâncreas - segundo a Dra Stabler, eles criaram uma espécie de "mini órgão artificial".

"Estamos muito encorajados com os resultados deste estudo e das suas implicações rumo ao nosso objetivo de levar essa descoberta aos milhões de pessoas vivendo com diabetes," disse a pesquisadora.


Ver mais notícias sobre os temas:

Transplantes

Equipamentos Médicos

Alimentação e Nutrição

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Ultrassom no 1º trimestre de gravidez pode agravar autismo

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão