Brasil produzirá remédios antiasmáticos a partir de 2013

Remédio para bombinha

O Brasil terá produção própria de medicamentos antiasmáticos a partir de 2013.

A transferência de tecnologia será feita pelo laboratório espanhol Chemo à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a Farmanguinhos, para a fabricação do medicamento formoterol+budesonida, usado nas bombinhas.

O Ministério da Saúde espera beneficiar aproximadamente 200 mil pacientes, além de economizar cerca de R$ 100 milhões por ano.

Os pacientes com asma também vão economizar.

O tratamento custa hoje pelo menos R$ 100 por mês apenas com o medicamento - as bombinhas custam por volta de R$ 30.

Remédios contra asma

Desde o dia 4 deste mês, farmácias credenciadas no programa Aqui Tem Farmácia Popular distribuem gratuitamente remédios contra a asma.

Os três medicamentos - brometo de ipratrópio, dipropionato de beclometasona e sulfato de salbutamol - estão disponíveis em mais de 20 mil estabelecimentos em todo o país.


Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos

Sistema Respiratório

Equipamentos Médicos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.