Brasil terá fábrica de equipamentos para radioterapia

Começará a ser construída a primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina.

A indústria ficará em Jundiaí, no interior de São Paulo, e tem previsão de entrar em funcionamento no final de 2018.

As máquinas são usadas no tratamento de câncer.

O acordo com a empresa Varian Medical Systems prevê que o governo brasileiro compre 80 aceleradores lineares, que serão distribuídos para hospitais que não têm o aparelho e para hospitais cujas máquinas precisam ser renovadas.

Cada equipamento chega a custar R$ 2,1 milhões; mas, pela negociação, o governo deverá pagar cerca de R$1,6 milhão. Atualmente a rede pública de saúde conta com 261 aceleradores lineares.

A iniciativa conta com investimento de R$ 500 milhões para a compra dos aceleradores, as obras de ampliação e a criação de serviços em estados e regiões que não disponibilizam os equipamentos. A previsão é que os aparelhos sejam entregues até de 2018, porque são necessárias obras para a instalação e treinamento de pessoal.

A parceria prevê também a instalação de um centro de treinamento para profissionais de toda a América Latina que lidam com esse tipo de equipamento.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Pública

Exames

Equipamentos Médicos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.