Brasileiro precisa perder o medo de falar em câncer, diz Alencar

Sem medo do câncer

O vice-presidente da República, José Alencar, afirmou que o brasileiro precisa aprender a "perder o medo de pronunciar a palavra câncer".

Para ele, que há anos luta contra a doença, a população deve aprender a falar e discutir sobre o câncer e passar a realizar exames que permitam o diagnóstico precoce.

"Nós [do governo] podemos ter recursos para o diagnóstico precoce do câncer e, dessa forma, estaremos oferecendo a cada brasileiro a possibilidade de tratar a doença ainda a tempo de ficar curado".

Diagnóstico precoce

Esbanjando bom humor, Alencar falou abertamente do problema que vem enfrentando para empresários e jornalistas presentes à Associação Comercial do Rio de Janeiro, onde foi homenageado.

"Nós sabemos hoje que o diagnóstico precoce é o fator mais preponderante no combate ao câncer. Então, é preciso que todas as pessoas no Brasil tenham condições de fazer exames em tempo hábil para que o paciente seja curado".

Enfrentamento sem medo

O próprio vice-presidente já admite a possibilidade de que ele mesmo venha a ser curado da doença, que já o levou por várias vezes às salas de cirurgia. "Eu mesmo poderei ser curado, ainda que o meu caso seja uma situação difícil, porque o tipo de tumor que me acometeu é violento e recorrentemente, volta. Mas eu não sei não: parece que nós descobrimos aí um veio qualquer que indica ele está diminuindo de tamanho."

Alencar aproveitou para agradecer aos que estão-lhe dando força, país afora, nesta hora difícil e manifestou a expectativa de que, sobrevivendo à doença, possa vir a ajudar a população, retribuindo, dessa forma, as muitas preces em seu favor.

"A verdade é que o Brasil inteiro está-me ajudando, o que até me deixa preocupado, porque eu nem sei se mereço isso, sinceramente. Mas vou fazer tudo para merecer e, se Deus me curar, eu precisarei fazer muito pelo próximo para justificar essa cura."


Ver mais notícias sobre os temas:

Câncer

Quimioterapia

Sentimentos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.