Brasileiros vão estudar efeitos das bactérias nas águas

Floração de algas ou de cianobactérias

Em oceanos, lagos, reservatórios e rios, é comum a ocorrência de um fenômeno natural em que a água do ambiente adquire coloração escura, nos tons verde, vermelho (maré vermelha), marrom, laranja ou amarelo.

Causado pelo crescimento excessivo de algas microscópicas ou cianobactérias presentes no plâncton marinho e de água doce, o fenômeno é denominado de "floração de algas ou de cianobactérias".

O principal problema apresentado por esse fenômeno é que algumas espécies de cianobactérias e de microalgas marinhas que participam dele são capazes de produzir potentes toxinas.

No caso de ambiente de água doce, por exemplo, algumas espécies que participam de florações de cianobactérias podem produzir toxinas (microcistinas) altamente prejudiciais à saúde humana, além de compostos orgânicos voláteis (COVs, na sigla em inglês) que resistem aos procedimentos convencionais de tratamento de água.

Em função disso, elas causam forte odor e alteram o gosto da água.

Já no ambiente marinho, algumas toxinas produzidas em florações podem se acumular em peixes e mariscos.

Eucalipto e CO2 na atmosfera

Um grupo de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) iniciou uma pesquisa para prospectar alguns desses COVs capazes de causar impactos ambientais produzidos por diferentes espécies e linhagens de cianobactérias.

O objetivo é compreender melhor o papel desempenhado por alguns desses compostos no crescimento de cianobactérias.

Os resultados da pesquisa podem auxiliar no desenvolvimento de métodos analíticos mais eficazes para identificar e quantificar esses compostos que podem ser usados, por exemplo, como biomarcadores para predizer o crescimento dessas bactérias.

Outra parte do projeto está estudando as respostas fisiológicas das espécies de eucalipto Eucalyptus globulus e E. grandis à alta concentração de dióxido de carbono e à variação de temperatura, identificadas por metabolômica.

As duas pesquisas estão sendo feitas em colaboração com uma empresa fabricante de equipamentos científicos.


Ver mais notícias sobre os temas:

Bactérias

Contaminação

Poluição

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.