Bulimia e anorexia também causam desgaste dentário

Bulimia e anorexia também causam desgaste dentário

[Imagem: Agência USP]

Erosão dentária

A bulimia e a anorexia nervosa são transtornos psiquiátricos ligados à alimentação que causam diversos problemas de saúde aos seus portadores. Mas além do já conhecido comprometimento nutricional, pacientes que provocam vômito com freqüência expõem sua dentição a ácidos gástricos, sofrendo erosão dentária, como mostra um estudo da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP.

A cirurgiã dentista Juliana Julianelli avaliou 30 pacientes do Grupo de Assistência aos Transtornos Alimentares (GRATA) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HC/FMRP) da USP e chegou a um resultado preocupante: todos eles mostraram algum grau de desgaste, problema que em níveis mais altos pode levar até à perda dos dentes afetados.

Esmalte e dentina

Dentro do índice utilizado, que vai de 0 a 4, quase 70% dos pacientes apresentavam nível 2, que corresponde a um desgaste moderado, quando a erosão afeta o esmalte e a dentina. E 13% estavam em situação ainda mais grave: desgaste de nível 4, com severo comprometimento da dentina e também da polpa (parte interna do dente). "Houve casos em que a pessoa teve de fazer tratamento de canal em quase todos os dentes, pois os nervos já estavam expostos", conta Juliana.

Não foi comparada estatisticamente a prevalência de desgaste dentário nos pacientes com transtorno alimentar e na população em geral, mas, pela experiência da pesquisadora, ficou claro que o primeiro grupo sofre bem mais com o problema.

Saúde bucal

A divulgação do estudo pode contribuir para um melhor preparo dos profissionais de saúde bucal para lidarem com estes pacientes. "Alguns dentistas inclusive dão orientações erradas, dizendo, por exemplo, para o paciente escovar os dentes logo após o vômito. As pastas de dentes contêm abrasivos que podem intensificar o desgaste e o melhor seria esperar um tempo antes do seu uso", explica a pesquisadora.

Estão em curso na própria FOB pesquisas em busca de um agente terapêutico que minimize o problema para ser aplicado nos dentes destes pacientes. "Assim que os resultados forem concluídos, pretendemos levar este tratamento para os pacientes do GRATA que avaliamos", revela a dentista.

Diferenças entre anorexia e bulimia

A anorexia nervosa caracteriza-se por uma procura incansável pela magreza, levando o paciente a uma severa e auto-induzida perda de peso, utilizando recursos extremos como longos períodos de jejum, exercícios físicos excessivos, vômitos voluntários, uso de laxantes, diuréticos ou moderadores de apetite. Há distorção de imagem corporal e os ciclos menstruais ficam interrompidos por no mínimo três meses.

Já a bulimia nervosa apresenta-se como uma sensação de completa perda de controle alimentar em que o paciente ingere compulsiva e indiscriminadamente grandes quantidades de alimentos em um período muito curto de tempo. Esta ingestão é seguida de um sentimento de culpa , vergonha e medo de engordar, levando-o a induzir o vômito, em geral várias vezes ao dia, bem como ao uso de laxantes, diuréticos ou inibidores de apetite e à prática de exercícios físicos de maneira exagerada.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Bucal

Alimentação e Nutrição

Estômago

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.