Cabeleireira quase perde o nariz por trabalhar sem máscara

Ferido por coçar

Uma cabeleireira britânica teve de reconstruir o nariz após anos de danos causados pela entrada de minúsculos fios de cabelo em suas narinas.

Edwina Phillipson, 51, disse que ficou com uma ferida aberta de tanto coçar o nariz irritado.

Quando o ferimento infeccionou, a cabeleireira teve de se submeter a uma operação para reconstruir o septo nasal.

"Quando você tem alguma coisa que incomoda dentro do nariz, a tendência é coçar e por o dedo dentro para tirar os pelos, o que pode resultar em uma ferida aberta. Foi o meu caso", contou Phillipson.

Buraco no nariz

Ela disse que o problema começou há 12 anos e que, por três anos, teve um buraco no nariz em consequência da irritação.

A cirurgia para reparar o órgão utilizou cartilagem da orelha da cabeleireira.

Após a operação, Phillipson recomendou a outros profissionais da atividade que usem máscaras de proteção.

Máscara cirúrgica

Ela própria contou que está usando uma máscara cirúrgica para evitar que os fios voltem para o nariz.

"Se eu soubesse disso quando era mais jovem, teria me precavido para que não ocorresse", disse a mulher, que está na atividade há 35 anos.

Segundo Phillipson, o maior perigo está em fazer barbas, por causa do minúsculo tamanho dos pelos e a proximidade do profissional do rosto do cliente.

"Não quero crer que eu seja a única barbeira que já teve esse problema", afirmou.


Ver mais notícias sobre os temas:

Prevenção

Cirurgias

Trabalho e Emprego

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.