Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

01/06/2012

Cachaça tratada com radiação envelhece instantaneamente

Com informações da Agência USP

Envelhecimento da cachaça

Cachaça boa é aquela envelhecida em tonel de madeira!

Quem aprecia a bebida mais tradicional do país sabe que esse período de maturação, imprescindível para a obtenção de uma melhor qualidade, pode levar até três anos.

Nesse tempo de amadurecimento, o produto estocado sofre reações químicas, melhorando suas características inclusive sensoriais e agregando mais valor.

Mas talvez seja possível enganar o tempo e o paladar - usando um derivado benigno da energia nuclear.

Cachaça irradiada

Cientistas do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena), ligado à USP, descobriram que a irradiação pode ser utilizada como um método alternativo de envelhecimento de cachaça, já que essa técnica acelera o processo convencional.

A pesquisa aponta que o uso da irradiação numa dose 0,3 kilogray (quantidade de energia absorvida pelo material), considerada relativamente baixa, pode acelerar o processo de envelhecimento de cachaça.

"Com essa metodologia, obtivemos uma cachaça similar à obtida pelo sistema convencional, quando comparado aos mesmos parâmetros", comenta diz o professor Valter Arthur, coordenador da pesquisa.

Outra vantagem apresentada pela técnica de irradiação é a diminuição dos aldeídos, componente responsável pela dor de cabeça induzida pelo consumo da cachaça.

"Conseguimos uma diminuição expressiva desse composto químico que está diretamente relacionado ao desconforto que se sente ao ingerir a bebida numa dose além do limite", conta Juliana Angelo Pires, membro da equipe.

Aparência envelhecida

O inconveniente da aplicação da radiação nuclear é que a cachaça fica com sabor de velha, mas não com aparência de velha.

"Os apreciadores ainda preferem o destilado de cana-de-açúcar com a cor amarelada. Assim, ainda estamos utilizando a bebida semienvelhecida em tonéis de amendoim, pois essa coloração é normalmente obtida com a ajuda da madeira," conta Arthur.

A equipe também está estudando métodos alternativos, como a adição de caramelo, própolis, urucum e outros produtos naturais para dar a coloração envelhecida da cachaça.

"Consequentemente, isso aumentará ainda mais a viabilidade prática e econômica do processo de irradiação em larga escala de cachaça, pois somente o produto final, ou seja, as cachaças já engarrafadas e encaixotadas serão irradiadas para o envelhecimento", conclui o professor.


Ver mais notícias sobre os temas:

Drogas Lícitas

Alimentação e Nutrição

Tabagismo

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Nanoestrelas matam bactérias sem desenvolver resistência

Ciência começa a entender eficácia da Medicina Chinesa contra o câncer

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento