Café aumenta sobrevivência ao câncer de intestino

Café aumenta sobrevivência ao câncer de intestino
Parece haver algo mais no café, uma vez que estudos indicam que, em alguns casos, o café, mas não a cafeína isoladamente, produz os benefícios.
[Imagem: Wikimedia Commons]

Café contra o câncer

Tomar café regularmente parece aumentar as possibilidades de sobreviver ao câncer de intestino, além de proteger os pacientes da reincidência da doença., informa estudo divulgado pela publicação britânica Journal of the Clinical Oncology.

Charles Fuchs e seus colegas do Centro de Câncer Gastrointestinal de Boston (EUA) afirmam ter comprovado que "os consumidores de café têm um risco menor de desenvolver câncer, além do que a sobrevivência e as possibilidades de cura aumentam consideravelmente".

A equipe constatou que os pacientes que recebiam tratamento e que consumiam altas doses de café, quatro ou mais xícaras por dia, tinham cerca de 42% menos possibilidades de registrar reincidência e 34% menos chance de morrer da doença do que aqueles que não consumiam a bebida.

O estudo também mostrou que os pacientes que bebiam café tinham 33% menos possibilidades de morrer de câncer do que os demais pacientes.

Tratamento alternativo

Apesar dos resultados do estudo, Fuchs mostrou-se cauteloso com os potenciais benefícios do café como tratamento alternativo para os doentes de câncer de intestino.

"Se você bebe café habitualmente e está sendo tratado de câncer do intestino, não deixe de beber, mas se não é um consumidor habitual e se pergunta se deve começar, primeiro consulte o seu médico," declarou o pesquisador.

Outra equipe demonstrou recentemente que o café protege contra recorrência do câncer de mama.

Estudos anteriores indicaram que a bebida poderia proteger contra vários tipos de tumores malignos, incluindo os melanomas, o câncer de fígado, o câncer de próstata avançado e o câncer de boca.


Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos Naturais

Câncer

Alimentação e Nutrição

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.