Café, e não cafeína, faz bem para o fígado

Café, e não cafeína, faz bem para o fígado
Os benefícios do café para a saúde são largamente documentados, mas ainda existem muitas dúvidas sobre a cafeína.
[Imagem: Cortesia Food & Function/RSC]

Pesquisadores do Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos concluíram que beber café pode beneficiar a saúde do fígado.

Os resultados mostram que o aumento do consumo de café, independentemente do teor de cafeína, está associado a níveis mais baixos de enzimas hepáticas anormais.

Isto indica que compostos químicos presentes no café podem ajudar a proteger o fígado.

Como os pesquisadores avaliaram a ingestão de café com diferentes níveis de cafeína e café descafeinado, a cafeína não é o responsável pelos benefícios documentados.

Café para o fígado

"Pesquisas anteriores descobriram que beber café pode ter um possível efeito protetor sobre o fígado. Entretanto, a evidência não era clara se esse benefício poderia se estender para o café descafeinado," explica o Dr. Qian Xiao, pesquisador-chefe do Instituto Nacional do Câncer.

Estudos anteriores já revelaram que o consumo de café está associado a diminuições do risco de desenvolver diabetes, doenças cardiovasculares, doença hepática gordurosa não alcoólica, cirrose e câncer de fígado.

Para o presente estudo, os pesquisadores usaram dados de 27.793 participantes, com 20 anos de idade ou mais. A equipe mediu os níveis sanguíneos de vários marcadores da função hepática, incluindo aminotransferase (ALT), aminotransferase (AST), fosfatase alcalina (ALP) e transaminase gama glutamil transferase (GGT), a fim de determinar a saúde do fígado.

Café, não cafeína

Os participantes que bebiam três ou mais xícaras de café por dia apresentaram níveis mais baixos de todos os quatro marcadores em comparação com aqueles que não tomavam café.

Os pesquisadores também descobriram níveis baixos destas enzimas hepáticas em participantes que bebiam apenas café descafeinado.

"Nossos resultados vinculam o consumo total de café descafeinado a níveis mais baixos de enzimas hepáticas. Estes dados sugerem que ingredientes no café, outros que não a cafeína, podem promover a saúde do fígado. Mais estudos são necessários para identificar esses componentes," concluiu o Dr. Xiao.


Ver mais notícias sobre os temas:

Alimentação e Nutrição

Prevenção

Saúde Bucal

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.