Campinas apresenta nova estratégia de combate à dengue

Novas ações de combate à dengue

A Prefeitura de Campinas apresentou na manhã de sexta-feira, dia 6 de março, as novas ações de combate à dengue no Município. O prefeito Hélio de Oliveira disse o combate à dengue é uma questão de empenho da sociedade civil de Campinas, principalmente, levando em conta as características do município. "A colaboração da população é fundamental. A sociedade tem que cobrar do poder político e nós, da população. Essa cobrança é de extrema importância no combate à dengue", disse.

Ainda segundo o prefeito, Campinas dispõe dos maiores técnicos na Saúde Pública e isso abre uma grande vantagem. "Vamos enfrentar os problemas com a profundidade que eles merecem", ressaltou.

O secretário de Saúde José Francisco Kerr Saraiva apresentou relatório detalhado com os índices de dengue durante os últimos dez anos, abordando quais os métodos utilizados no combate. "O trabalho que desenvolvemos ao longo dos anos, hoje, tem destaque nacional e reconhecimento do ministro da Saúde", disse Saraiva.

Trabalho em equipe

Diversas ações já estão em andamento na cidade. Segundo o secretário de Comunicação, Francisco de Lagos, o trabalho de prevenção será maciço. "Estamos divulgando em outdoors, banners, folders, cartilhas nas escolas. O trabalho de informação à população visando o combate à dengue foi intensificado", disse Lagos. Ao todo foram investidos R$ 500 mil nessa campanha.

O método para se trabalhar contra a dengue também foi intensificado. "Não se trabalha com dengue sozinho em Campinas, essa questão envolve vários setores", explicou o secretário, se referindo às diretrizes do Programa Municipal de Controle da Dengue de Campinas, intersetoriais que são decididas em colegiado nomeado pelo Gabinete do Prefeito com a participação das secretarias de Infraestrutura, Educação, Meio Ambiente, Serviços Públicos e Assuntos Jurídicos.

O secretário do Meio Ambiente, Paulo Sérgio Garcia de Oliveira, ressaltou as ações executadas por sua Pasta com os resíduos. Já o secretário de Serviços Públicos, Flávio de Senço, falou dos mutirões de limpeza realizados desde o começo do ano que evitam o acúmulo de água parada e a proliferação do mosquito.

Ações efetivas

As ações que visam combater a dengue na cidade passaram por reestruturações, principalmente no âmbito de recursos humanos, com contratação de agentes exclusivamente para atuar contra a dengue; readequação dos recursos materiais; readequação do transporte e alocação do pessoal; elaboração do mapa de risco para dengue em Campinas; uso de novas ferramentas de controle disponíveis na Internet; uso de testes rápidos para o diagnóstico e capacitação permanente dos técnicos envolvidos no programa.

Toda a semana a Vigilância em Saúde (Visa) dos cinco distritos atuam com ações específicas no combate e prevenção fazendo o telamento das caixas d'água, recolhendo pneus, eliminando novos criadouros, além de orientar as pessoas quanto aos cuidados que se deve ter para ajudar no combate à dengue.

Resultados concretos

Nos meses de janeiro e fevereiro de 2007, Campinas registrava 985 casos de dengue. No ano seguinte, os mesmos meses apontaram uma redução significativa desse índice confirmando 63 casos. Atualmente, Campinas apresenta um índice baixo da doença comparando com outras grandes cidades brasileiras.

O município contabiliza, até o momento, 31 casos confirmados de dengue, enquanto Belo Horizonte tem um total de 390 casos, Vitória soma 496 casos e o Rio de Janeiro chega à casa dos mil casos. "A guerra não acabou. Não estamos aqui comemorando nada, o objetivo é continuar caminhando no combate à dengue", finalizou o secretário Saraiva.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Pública

Prevenção

Vacinas

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.