Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

17/08/2012

Butantan cria banco de células-tronco extraídas de dentes-de-leite

Redação do Diário da Saúde

Células do dente

O Instituto Butantan desenvolveu uma técnica que resultou em um banco inédito de células-tronco.

Estudos realizados pelos pesquisadores do Laboratório de Genética do Instituto resultaram em uma técnica que permite obter grandes quantidades de células-tronco extraídas dos dentes-de-leite, tornando-as capazes de gerar qualquer célula e tecido do corpo humano.

A ideia é que as células-tronco dos dentes-de-leite sejam usadas no desenvolvimento de novos tratamentos para doenças motoras, imunológicas, na regeneração de ossos e nervos, na reconstrução de músculos, cartilagem e enfermidades psiquiátricas.

Processo biológico

Os pesquisadores desenvolveram um banco para criação e armazenamento de células-tronco, que possui capacidade para 6.000 amostras.

Isso é suficiente para tratar até 100 pacientes por amostra, o que torna o Instituto Butantan autossuficiente na produção e certificação das células-tronco.

"Esse processo biológico coloca o Brasil num patamar mais elevado da ciência mundial, consolidando nossa capacidade de inovação e pesquisa", explica Irina Kerkys, geneticista do Instituto Butantan.

A expectativa dos pesquisadores é que os testes em humanos sejam realizados dentro de cinco anos.

Este é o terceiro banco de células-tronco criado no Brasil nos últimos meses:


Ver mais notícias sobre os temas:

Células-tronco

Saúde Bucal

Genética

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Cientistas dizem ter descoberto cura definitiva para alcoolismo

Vacina contra dengue pode fazer mais mal que bem em alguns locais

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?