Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

03/10/2014

Cientistas da Índia têm forte ligação com a espiritualidade

Redação do Diário da Saúde
Cientistas da Índia têm forte ligação com a espiritualidade
Mostrando o quanto a espiritualidade está entranhada na sociedade indiana, o próprio Instituto Indiano de Ciências destaca entre os principais cientistas do país nomes que, no ocidente, normalmente são associados à religião - como Swami Vivekananda (embaixo, à direita).[Imagem: Indian Institute of Science]

Já se sabia que os cientistas são mais religiosos do que se acreditava, com estudos mostrando que mesmo cientistas ateus que têm filhos adotam tradições religiosas.

Agora se constatou que os cientistas indianos são muito mais religiosos do que os cientistas do Reino Unido, embora haja muitos pontos de contato entre as opiniões.

"A Índia e o Reino Unido são, ao mesmo tempo, profundamente entrelaçados historicamente, mas profundamente diferentes religiosamente," disse Elaine Howard Ecklund, da Universidade de Rice (EUA), referindo-se à colonização inglesa da Índia.

Essas discrepâncias e similaridades levaram o grupo de Ecklund a comparar a espiritualidade dos cientistas dos dois países.

Religiosidade entre cientistas

Os resultados revelaram que, enquanto 65% dos cientistas britânicos se identificam como não-religiosos, apenas 6% dos cientistas indianos identificam-se como não-religiosos.

Enquanto apenas 12% dos cientistas do Reino Unido comparecem aos cultos religiosos de forma regular - uma vez por mês ou mais - 32% dos cientistas da Índia fazem isto.

Contudo, apesar do número de cientistas britânicos que se identificam como não-religiosos, 49% deles reconhecem que há verdades básicas em muitas religiões - em comparação com 73% dos cientistas indianos.

Além disso, 11% dos cientistas britânicos disseram que acreditam em Deus sem qualquer dúvida (em comparação com 27% dos indianos), e outros 8% disseram acreditar em um poder superior de algum tipo (em comparação com 38% dos indianos).

É necessário levar em conta uma característica da própria população do Reino Unido, onde apenas 50% da população em geral afirma pertencer a uma religião.

"Há uma larga diferença na religiosidade entre os cientistas no Reino Unido e na Índia - potencialmente derrubando a ideia de que os cientistas são portadores universais da secularização," disse Ecklund.

Conflito em ciência e religião

Embora pareça haver diferenças marcantes nas opiniões religiosas, menos de metade de ambos os grupos (38% dos cientistas do Reino Unido e 18% dos cientistas indianos) acreditam haver um conflito entre a religião e a ciência.

"Quando entrevistamos os cientistas indianos em seus escritórios e laboratórios, muitos rapidamente deixaram claro que não há nenhuma razão para a religião e a ciência estarem em conflito," relata a pesquisadora.

"Para alguns cientistas indianos, as crenças religiosas de fato levam a um sentido mais profundo de fazer justiça através do seu trabalho como cientistas. E mesmo muitos cientistas britânicos que não são pessoalmente religiosos ainda assim não acham que é preciso haver um conflito entre religião e ciência," concluiu ela.


Ver mais notícias sobre os temas:

Espiritualidade

Educação

Ética

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?