Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

07/08/2014

Especial "Não, Doutor": Não deixe que seu médico faça... - Parte IV

Com informações da New Scientist

Coisas que você não deve deixar que seu médico faça

O Diário da Saúde está publicando uma série especial onde os médicos discutem procedimentos que, em muitos casos, podem ser evitados para o bem dos pacientes.

Parte 1 - Transfusão de Sangue

Parte 2 - Fazer cirurgia sexta-feira

Parte 3 - Usar lâminas para depilação

Parte 5 - Check-up geral

Parte 6 - Ressuscitação desnecessária

Parte 7 - Tocar em você sem lavar as mãos


Parte 4. Não deixe que o seu médico... lhe dê o quadril mais moderno - prefira um "antigo"

Quando se trata de tecnologia, mais recente geralmente é melhor. Mas isso não é necessariamente verdade quando se trata de implantes médicos.

Existem centenas de tipos diferentes de próteses de quadril - também chamados de quadris artificiais - disponíveis, com novos projetos surgindo todos os anos.

Mas pode levar 15 anos ou mais para ver se um novo modelo é tão eficaz e de longa duração quanto os já existentes. O problema mais recente que veio à luz envolveu próteses de quadril de metal, que poderiam desgastar muito rápido, liberando metais na corrente sanguínea.

"Algumas pessoas ficam muito ansiosas para receber a mais nova tecnologia," diz o Dr. Siôn Glyn-Jones, cirurgião ortopédico da Universidade de Oxford (Reino Unido)

"Eles leem sobre isso [nos jornais]. Passamos a maior parte do nosso tempo dizendo 'Não, [essa tecnologia] é muito nova'," conta ele.

E os cirurgiões também não estão imunes aos apelos de marketing dos fabricantes: "Há uma necessidade de continuar a inovar, mas há um equilíbrio entre inovação e segurança," disse Glyn-Jones.

Nos EUA, novos dispositivos devem passar por anos de estudos randomizados controlados antes de serem postos à venda.

Na Europa as exigências são muito menos estritas: os aparelhos simplesmente têm que passar por alguns testes básicos de segurança.

No Brasil, as próteses devem ser registradas na Anvisa e são monitoradas através do Registro Nacional de Artroplastia - o alerta recente da agência sobre as próteses de quadril metal-metal refere-se sobretudo às normas norte-americanas.


No quinto artigo da série, que será publicado amanhã, os médicos falam sobre "exames de rotina".

 


Ver mais notícias sobre os temas:

Atendimento Médico-Hospitalar

Ética

Prevenção

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Vacina contra dengue pode fazer mais mal que bem em alguns locais

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?