Especial Não, Doutor: Não deixe que seu médico faça... - Parte VII

Coisas que você não deve deixar que seu médico faça

O Diário da Saúde está publicando uma série especial onde os médicos discutem procedimentos que, em muitos casos, podem ser evitados para o bem dos pacientes.

Parte 1 - Transfusão de Sangue

Parte 2 - Fazer cirurgia sexta-feira

Parte 3 - Usar lâminas para depilação

Parte 4 - Implantar a prótese mais moderna

Parte 5 - Check-up geral

Parte 6 - Ressuscitação desnecessária


Parte 7. Não deixe que o seu médico... toque em você sem lavar as mãos

Algumas vezes você gostaria que um médico que se mostra distante fosse um pouco mais amigável, pegando na sua mão - mas você viu ele lavando as mãos antes de se aproximar de você? Se não viu, sorria e, educadamente, lembre-o disso.

Um levantamento feito no Reino Unido estimou que 1 em cada 15 pacientes internados pegará uma infecção durante sua estadia no hospital - pode ser uma diarreia (Clostridium difficile), mas, se forem azarados, podem pegar uma superbactéria potencialmente letal que causa envenenamento do sangue (MRSA).

E uma das maiores causas da transmissão de infecções nos hospitais é o esquecimento dos profissionais de saúde em lavar as mãos quando passam de um paciente para outro.

"Se a higiene das mãos fosse um tratamento com remédios você estaria fazendo fila para usá-lo," diz o Dr. Sheldon Stone, da Universidade College de Londres.

O Dr. Stone demonstrou que, para cada mililitro extra de álcool para higienizar as mãos que um hospital usa - por paciente, por dia - há uma queda de 1% em suas taxas de infecção por MRSA.

E ele descobriu que a principal razão pela qual os profissionais de saúde não lavam as mãos está na distração ou apenas no esquecimento.

Outro fator é que alguns nem sequer sabem que precisam lavar as mãos em determinadas circunstâncias, como após a remoção das luvas - já que os micróbios podem atravessar o látex.

No lado positivo, o treinamento no trabalho melhora as taxas de lavagem das mãos, especialmente se os membros mais graduados da equipe derem feedback para os mais preguiçosos. "Você pode ensinar novos truques para um cachorro velho," disse o Dr. Stone.


Ver mais notícias sobre os temas:

Atendimento Médico-Hospitalar

Ética

Prevenção

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.