Composto vegetal protege contra dose letal de radiação

Composto vegetal protege contra dose letal de radiação
O brócolis é conhecido pelos efeitos anticâncer, mas pode ficar ainda melhor: Brócolis picante reforça efeito anti-câncer.
[Imagem: Wikipedia]

Um composto derivado de vegetais crucíferos, como repolho, couve-flor e brócolis, protegeu ratos e camundongos de doses letais de radiação.

Isto sugere que o composto, que já se demonstrou ser seguro para os seres humanos, pode proteger os tecidos normais durante a radioterapia para o tratamento de câncer e prevenir ou mitigar doenças causada por exposição à radiação, como no caso de acidentes nucleares.

O composto, conhecido como DIM (3,3-diindolilmetano), havia apresentado propriedades preventivas contra o câncer em pesquisas anteriores.

"[O composto] DIM tem sido estudado como um agente de prevenção do câncer por anos, mas esta é a primeira indicação de que o DIM também pode atuar como um escudo contra radiação," disse Eliot Rosen, da Universidade Georgetown (EUA).

Proteção contra radiação

Os pesquisadores submeteram as cobaias a doses letais de radiação de raios gama.

Os animais foram então tratados com uma injeção diária de DIM, durante duas semanas, começando 10 minutos após a exposição à radiação.

O resultado foi impressionante, diz Rosen: "Todos os animais não tratados [com o DIM] morreram, mas mais da metade dos animais tratados permaneceram vivos 30 dias após a exposição à radiação."

Rose acrescenta que o DIM também ofereceu proteção quando a primeira injeção foi dada 24 horas antes ou até 24 horas após a exposição à radiação.

Segundo ele, os resultados apontam para dois usos potenciais do composto.

"O DIM pode proteger os tecidos normais em pacientes que recebem terapia de radiação para o câncer, mas também pode proteger os indivíduos das consequências letais de um desastre nuclear," concluiu Rosen.


Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos Naturais

Alimentação e Nutrição

Terapias Alternativas

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.