Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

16/06/2015

Confirmada conexão entre mês de nascimento e 55 doenças

Redação do Diário da Saúde

Doença e mês de nascimento

Cientistas encontraram uma relação consistente entre o mês de nascimento e o risco de doença de uma pessoa.

Longe das previsões da astrologia, a análise mostrou que a influência parece estar ligada às condições climáticas e ambientais de cada estação do ano.

Vários estudos já haviam apontado indícios dessa ligação entre mês de nascimento e saúde - sabe-se, por exemplo, que o mês do nascimento afeta o temperamento das pessoas - mas sempre houve críticas sobre as dimensões da amostra, que deveria ser grande o suficiente para ser estatisticamente significativa.

Por isso, os pesquisadores da Universidade de Colúmbia (EUA) usaram um novo algoritmo para analisar as bases de dados médicos da cidade de Nova Iorque.

Eles descobriram que nada menos do que 55 doenças se correlacionam com a estação de nascimento.

A boa notícia é que é possível contrabalançar os efeitos negativos da data de nascimento com mudanças de hábitos, cujos efeitos são maiores.

Meses e estações

É importante observar que todos os resultados dizem respeito ao hemisfério Norte, cujas estações são invertidas em relação ao hemisfério Sul.

No geral, o estudo indica que as pessoas nascidas em maio (meio da primavera no hemisfério Norte) têm o menor risco de doenças, e os nascidos em outubro (meio do outono) o maior risco de doenças.

"Estes dados podem ajudar os cientistas a descobrir novos fatores de risco das doenças," justifica o Dr. Nicholas Tatonetti, coordenador do trabalho.

A equipe planeja agora replicar a análise com dados de outros locais nos EUA e no exterior para ver como os resultados variam com a mudança das estações e com fatores ambientais nesses lugares.

Confirmada conexão entre 55 doenças e mês de nascimento
Algumas das 55 doenças que revelaram uma conexão com o mês de nascimento do paciente. [Imagem: Mary Regina Boland et al. - JAMIA]

55 doenças

A equipe comparou 1.688 doenças com as datas de nascimento e histórico médico de 1,7 milhão de pacientes atendidos no Hospital Presbiteriano de Nova Iorque entre 1985 e 2013.

A análise descartou mais de 1.600 associações, mas confirmou 39 ligações previamente relatadas na literatura médica. Também surgiram 16 novas associações, incluindo nove tipos de doença cardíaca, elevando para 55 o total de doenças para as quais há associações que não podem ser atribuídas ao acaso.

Pesquisas anteriores sobre doenças individuais, tais como asma e TDAH (hiperatividade), já haviam sugerido uma ligação com a estação de nascimento e incidência. Estas ligações foram confirmadas pelos novos dados.

Sem motivos para preocupação

O que mais chamou a atenção foi a conexão entre mês de nascimento e nove tipos de doenças cardíacas, uma das maiores causas de mortalidade nos países desenvolvidos.

As pessoas nascidas em março (fim do inverno) enfrentam o maior risco para a fibrilação atrial, insuficiência cardíaca congestiva e distúrbio da válvula mitral.

Mas parece não haver motivos para grandes preocupações, como alertam os próprios pesquisadores.

"É importante não ficar excessivamente nervoso sobre estes resultados, porque mesmo que tenhamos encontrado associações significativas, o risco global de doença não é tão grande," observa o Dr. Tatonetti. "O risco relacionado ao mês de nascimento é relativamente menor quando comparado a variáveis mais importantes, como a dieta e os exercícios físicos."

O estudo foi publicado no Journal of American Medical Informatics Association.


Ver mais notícias sobre os temas:

Prevenção

Terapias Alternativas

Espiritualidade

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Ciência começa a entender eficácia da Medicina Chinesa contra o câncer

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão