Descoberta revoluciona conhecimento sobre células-tronco

Descoberta revoluciona conhecimento sobre células-tronco
Em vermelho estão as células que formam o corpo e, em verde, as células endodermais associadas com a placenta. As células que não estão coloridas podem representar novos tipos de células ainda desconhecidos.
[Imagem: University of Edinburgh]

Comportamento das células-tronco

Uma nova descoberta sobre o que são as células-tronco e como elas se comportam deverá ajudar os cientistas a cultivar células que efetivamente formem tecidos diferentes.

Um estudo realizado na Universidade de Edimburgo, na Escócia, mostrou que as células-tronco embrionárias não são um tipo único, mas são constituídas de células que se alternam entre precursores de diferentes tipos celulares.

A descoberta deverá ajudar os cientistas a capturar as células-tronco embrionárias exatamente no ponto certo, quando elas estão prontas para se diferenciar nas células que formam os tecidos que se deseja.

Comportamento oscilante

O estudo indica que as células-tronco embrionárias não são um único tipo de célula, como se pensava anteriormente, mas compreendem uma mistura de diferentes tipos celulares no embrião, capazes de se transformar de um tipo para outro e inclusive reverter a transformação.

Até agora, os cientistas acreditavam que as células-tronco embrionárias somente eram capazes de se tornar os precursores das células adultas, uma propriedade conhecida como pluripotência.

Mas os cientistas escoceses agora descobriram que elas também podem se transformar em células associadas com a placenta. Essas células - conhecidas como endoderme primitiva - formam o saco vitelino que fornece nutrientes para o embrião.

Ambiente embriônico

O estudo, publicado na revista PLoS Biology, mostra também que as células-tronco embrionárias são capazes não apenas de transformar-se, mas também de alternar entre as células que criam a endoderme primitiva e as células embrionárias, que irão formar os diversos tecidos do organismo.

Embora nos estágios iniciais do desenvolvimento embrionário as células alternem-se entre os dois tipos de células diferentes, os sinais recebidos das células ao redor, assim como do ambiente embriônico, lhes permite corrigir rapidamente a rota para tornar-se um tipo específico de célula.

No entanto, no laboratório as células-tronco embrionárias são cultivadas em um disco de Petri, longe de um ambiente embriônico e, como resultado, elas se mantêm em um estado no qual a sua identidade não se fixa.

Embrião artificial

Os cientistas esperam que uma melhor compreensão de como as células-tronco embrionárias mudam de um tipo para outro irá permitir criar um ambiente artificial que encoraje o crescimento de células de tipos específicos.

O Dr. Josh Brickman, coordenador da pesquisa, afirma: "Este estudo muda a nossa visão do que as células-tronco embrionárias realmente são e como elas se comportam. Saber que as células-tronco embrionárias podem alternar entre diferentes tipos de células vai nos ajudar a isolar células em um ponto específico no tempo, quando elas estão prontas para se tornarem células específicas. Isto vai melhorar nossa capacidade de produzir células específicas no laboratório."


Ver mais notícias sobre os temas:

Células-tronco

Gravidez

Genética

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.