Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

07/08/2013

Curral de bactérias vai ajudar desenvolvimento de antibióticos

Redação do Diário da Saúde

Cientistas poloneses criaram um autêntico "curral de bactérias", um aparelho que permite desenvolver e utilizar os microrganismos de forma controlada e muito precisa.

A equipe da Universidade de Varsóvia utilizou uma tecnologia chamada microfluídica, a mesma usada para a construção dos biochips, que prometem exames clínicos realizados na hora.

Um sistema microfluídico é construído com as mesmas ferramentas usadas na construção de processadores de computador - a diferença é que o que se constrói não são transistores interligados, mas redes de microcanais interligados.

Essa rede de canais é chamada de rede microfluídica porque ela permite a manipulação de líquidos em uma escala muito precisa. E as gotas são tão pequenas que podem ser usadas para cultivar bactérias.

Curral de bactérias vai ajudar desenvolvimento de antibióticos
O sistema permite o cultivo de bactérias diferentes em diferentes microgotículas. A parte do dispositivo utilizada para manipular as microgotas está no canto inferior direito da imagem. [Imagem: IPC PAS/Grzegorz Krzyewski]

Microculturas

Agora será possível gerar culturas de centenas de bactérias diferentes, tudo em um dispositivo de poucos centímetros de comprimento - o curral bacteriano tem o tamanho de um cartão de crédito.

Já existem inúmeros tipos de sistemas microfluídicos, com as mais diversas funcionalidades, mas esta é a primeira vez que os pesquisadores conseguem montar um sistema que permite a alimentação seletiva e duradoura das culturas mantidas em cada microcanal.

Quando quiserem testar novos fármacos e moléculas candidatas à fabricação de novos medicamentos, tudo o que os pesquisadores precisarão fazer será conduzir as microgotas do material até pontos selecionados dentro do curral de bactérias.

Diferenciando as culturas que recebem o fármaco daquelas mantidas em condições normais, será possível analisar quais candidatos a medicamentos funcionam melhor para cada tipo de bactéria.

O Dr. Piotr Garstecki e seus colegas descreveram como construir o chip de cultivo de bactérias na revista científica Angewandte Chemie.


Ver mais notícias sobre os temas:

Biochips

Bactérias

Desenvolvimento de Medicamentos

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão