Dê o sangue neste carnaval - no hemocentro mais perto de você

Reposição de estoques

Hemocentros da Bahia, de Minas Gerais, Pernambuco e do Rio de Janeiro fazem campanhas para repor os estoques de sangue e garantir a demanda durante o carnaval. Os estoques costumam diminuir cerca de 30% nos feriados, em decorrência do aumento da procura e da diminuição do comparecimento de doadores.

O Hemorio lançou hoje (5) a campanha "Vista a fantasia da solidariedade". De acordo com Naura Faria, chefe da seção de atendimento ao doador, a taxa de doações durante todo o ano no estado do Rio de Janeiro é de 1,8%, bem abaixo dos 4% previstos pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Para ela, grande parte das pessoas deixa de fazer doação por causa de mitos.

Mitos sobre a doação de sangue

"O Hemorio trabalha todo o ano com campanhas regulares, justamente para incentivar e orientar a população e esclarecer mitos a respeito da doação, como doar sangue engorda; doando sangue uma vez, eu vou obrigatoriamente ter que doar pelo resto da vida para o sangue não engrossar ou ainda que se pode contrair algum tipo de doença ou germe durante o ato de doar. Nada disso é verdade", afirmou.

Já em ritmo de carnaval, a campanha será estendida a duas agremiações durante o fim de semana: no sábado (7), uma equipe do Hemorio estará na quadra da Mocidade Independente de Padre Miguel e no próximo sábado (14) estará na Acadêmicos do Salgueiro.

Dê o sangue neste carnaval

Em Pernambuco, a fundação Hemope lançou na última segunda-feira (2) sua campanha de doação de sangue para o carnaval de 2009. A expectativa é ampliar em 30% o número de doações. O mote da campanha, que vai até o dia 20 de fevereiro é "Não importa sua fantasia, antes de cair na folia, doe sangue no Hemope". O Hemoba (BA) também já lançou, no rádio e na televisão, sua campanha "Nesse carnaval faça um coração bater: Doe sangue".

Em Minas Gerais, a finalidade da campanha é não comprometer o atendimento aos pacientes com doenças crônicas, como coagulopatias e hemoglobinopatias, e, principalmente, aos internados em serviços de emergência dos prontos-socorros, segundo o Hemominas. Uma das ações é a campanha Hemofolia, que será realizada entre os dias 2 e 27 de fevereiro. No Núcleo Regional de Divinópolis, o bloco Unidos pela Vida, do Hemocentro Regional de Juiz de Fora, vai desfilar na semana anterior ao carnaval em uma festa popular.

A gerente de Captação de Doadores da Hemominas, Heloísa Gontijo, reforça a necessidade de doações durante o feriado. "Tem cidades que é só carnaval, nem tem como funcionar [o hemocentro]. Nos preocupa as plaquetas (componente do sangue que auxiliam no controle de sangramentos), que duram no máximo cinco dias e são usadas na recuperação de cirurgias, por exemplo, então precisa de doadores durante o carnaval", afirmou.

Para doar sangue é preciso portar documento oficial com foto, ter entre 18 e 65 anos, pesar mais de 50 quilos, não ser portador de doenças infecciosas e não estar em jejum.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sistema Circulatório

Transplantes

Qualidade de Vida

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.