Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

20/01/2013

Descoberta molécula de DNA de hélice quádrupla

Redação do Diário da Saúde

DNA quádruplo

Em Abril de 1953, James Watson e Francis Crick anunciaram a descoberta da estrutura do DNA, um formato de parafuso que passou a ser conhecido como "dupla hélice".

Agora, 60 anos depois, cientistas britânicos anunciaram a descoberta de uma molécula quádrupla de DNA em células vivas.

Trata-se de uma espécie de DNA em dobro, no qual quatro fitas se enrolam para formar uma estrutura única, uma estrutura com quatro "hélices".

Cientistas já haviam flagrado moléculas de DNA com quatro hélices em condições de laboratório - em tubos de ensaio - mas até agora se acreditava que elas fossem meras curiosidades, e não elementos encontrados em células vivas reais.

Essas moléculas de hélice quádrupla formam-se em regiões do DNA ricas em guanina, o "G" da molécula de DNA, que é composta ainda por adenina, citosina e timina.

A descoberta foi feita por Giulia Biffi, David Tannahill, John McCafferty e Shankar Balasubramanian, da Universidade de Cambridge (Reino Unido), e publicada neste domingo na revista Nature Chemistry.

Descoberta molécula de DNA de hélice quádrupla
O DNA quádruplo parece estar intimamente ligado a processos de replicação rápida de células, abrindo novas esperanças de tratamento para o câncer. [Imagem: Jean-Paul Rodriguez/Giulia Biffi]

Esperanças contra o câncer

A molécula quádrupla de DNA foi descoberta em célula tumorais, o que está dando novas esperanças no desenvolvimento de uma nova geração de terapias contra o câncer.

O estudo mostrou uma ligação clara entre essas estruturas de DNA até agora desconhecidas e o processo de replicação do DNA, que é essencial na divisão celular e criação de novas células.

Alvejando esse DNA quádruplo com moléculas sintéticas capazes de capturá-las, os cientistas acreditam ser possível impedir a proliferação celular que está na base do câncer.

"Nós estamos vendo uma conexão entre aprisionar essas moléculas quádruplas e a capacidade de interromper a divisão celular, o que é incrivelmente entusiasmante," disse o professor Shankar Balasubramanian, coordenador do grupo.

"Nossa pesquisa indica que as moléculas quádruplas de DNA têm maior probabilidade de ocorrer em genes de células que estão se dividindo rapidamente, tais como as células de câncer.

"Para nós, isso apoia fortemente um novo paradigma a ser investigado - o uso da estrutura de DNA de quatro hélices como alvos para tratamentos personalizados no futuro," disse o cientista.

Muitos DNAs

As pesquisas mais recentes têm mostrado que a chamada molécula da vida, o DNA, que contém todos os códigos necessários à organização dos seres vivos, é muito mais variada do que se imaginava quando da descoberta de Crick e Watson.

Veja algumas das descobertas mais recentes e mais importantes na área:


Ver mais notícias sobre os temas:

Genética

Câncer

Desenvolvimento de Medicamentos

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão