Descoberta rota neuronal para ativar perda de peso

Descoberta rota neuronal para ativar perda de peso
A gordura marrom não apenas é um órgão endócrino capaz de controlar o metabolismo, como também possui neurônios que falam com o cérebro.
[Imagem: Roksana Pirzgalska/IGC]

Religação neuronal

Cientistas da Austrália anunciaram a descoberta do que eles acreditam ser um caminho para acelerar a perda de peso.

A técnica consiste em uma "religação" de vias no sistema nervoso central, que se mostrou capaz de aumentar significativamente a capacidade de queima de gordura do corpo.

A equipe constatou que manter os animais de laboratório em um ambiente com temperatura de 8º C durante uma semana ativou um processo dentro do sistema nervoso central que fez com que a gordura branca, que armazena energia, se convertesse em gordura marrom, que queima energia.

Último disparo

De acordo com o professor Brian Oldfield, da Universidade Monash, os experimentos também revelaram mudanças no "último disparo" das conexões das células nervosas - sinapses - que viajam das células do cérebro diretamente para as células de gordura marrom - ou bege - transformadas.

Esse último disparo "chama a atenção da coordenação dos eventos no sistema nervoso central, trazendo isso para o centro do cenário, e desestimula o papel desempenhado pelos processos periféricos que ocorrem na gordura," disse Oldfield.

"Sabemos que, para que tais eventos sejam planejados de maneira que ajude os animais e os seres humanos a reagirem adequadamente às mudanças na temperatura e na dieta, deve haver uma coordenação dessa mudança no sistema nervoso central", explicou.

Encontrar a porta de entrada

O pesquisador afirma que identificar o processo é um passo significativo para descobrir o que poderia ser alterado, imitado ou bloqueado para transformar "gordura ruim em gordura boa."

"A questão é que há uma quantidade limitada de gordura boa (marrom) nos seres humanos - apenas cerca de 50 a 70 gramas," disse Oldfield. "A esperança é que, ao induzir uma gordura marrom, você possa melhorar a capacidade de queimar energia. É uma questão de tentar encontrar a porta de entrada para ativar esses caminhos."

De fato, a descoberta da eventual "chave" que aciona o processo é determinante para o uso prático da descoberta, já que manter um ser humano a uma temperatura de 8º C durante uma semana, como os cientistas fizeram com os animais de laboratório, não seria uma via adequada de atuação contra a obesidade.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sistema Nervoso

Alimentação e Nutrição

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.