Descoberto gene que aumenta propensão a tumor cerebral

Descoberto gene que aumenta propensão a tumor cerebral
Estudo aponta que presença de variante genética pode predispor ao desenvolvimento precoce de tumores cerebrai
[Imagem: Neurology]

Variação genética

Pessoas com uma variante genética específica podem estar mais propensas ao desenvolvimento de tumores cerebrais e mais cedo do que aquelas que não têm o gene, segundo um novo estudo feito por pesquisadores franceses.

O trabalho foi publicado na edição desta terça-feira (27/1) da revista Neurology, da Academia Norte-Americana de Neurologia.

Glioblastoma multiforme

A pesquisa envolveu 254 participantes com tumores no cérebro e 238 sem qualquer tipo de câncer. Os voluntários com tumores apresentavam glioblastoma multiforme, a forma mais comum de câncer no cérebro. Pacientes com esse tipo de tumor maligno têm expectativa de vida média de 12 a 15 meses.

Por meio de amostras de sangue, os pesquisadores analisaram a presença do gene TP53, que atua como um supressor de tumores e está envolvido na prevenção do câncer.

Segundo o estudo, os participantes com menos de 45 anos com tumores se mostraram mais propensos a ter a variante Pro/Pro do gene do que as pessoas acima dessa idade e do que aqueles que não tinham tumores.

Identificação do risco

Do total de participantes mais jovens e com tumores, 20,6% tinham a variante, em comparação com 6,4% dos mais velhos com tumores e 5,9% dos saudáveis.

"Eventualmente, poderemos usar esse conhecimento para ajudar na identificação de pessoas com maiores riscos de desenvolver mais cedo tumores cerebrais. Entretanto, o risco nessa população é pequeno, porque glioblastomas são menos frequentes em indivíduos mais jovens", disse Marc Sanson, do Instituto Nacional de Saúde e da Pesquisa Médica (Inserm), um dos autores do estudo.


Ver mais notícias sobre os temas:

Genética

Cérebro

Câncer

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.