Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

14/01/2009

Vick VapoRub pode ser perigoso para bebês e crianças pequenas

Redação do Diário da Saúde

Uso incorreto do medicamento

O uso incorreto do Vicks® VapoRub®, uma pomada utilizada para aliviar os sintomas da congestão nasal, pode ser perigoso para bebês e crianças pequenas.

Uma nova pesquisa, publicada no exemplar de Janeiro da revista médica CHEST, mostra que o Vicks® VapoRub® (VVR) pode estimular a produção de muco e a inflamação das vias aéreas superiores, com sérios efeitos na respiração de bebês e crianças muito novas.

As descobertas são consistentes com o alerta já presente no rótulo do medicamento, que estabelece claramente que o produto não deve ser utilizado em crianças menores do que 2 anos de idade.

Irritação das vias aéreas superiores

"Os ingredientes no Vicks podem ser irritantes, forçando o corpo a produzir mais muco para proteger as vias aéreas. Bebês e crianças pequenas têm vias aéreas superiores que são muito mais estreitas do que as dos adultos, de forma que um aumento no muco ou uma inflamação podem estreitá-las ainda mais fortemente," explica o Dr. Bruce K. Rubin.

O Dr. Rubin e seus colegas se interessaram pelos efeitos do VVR em crianças pequenas depois de terem cuidado de uma menina de 18 meses de idade que apresentou uma crise respiratória severa depois que o VVR foi colocado diretamente sob o seu nariz.

Recomendações

Mesmo não sendo indicado para pacientes menores do que 2 anos de idade, o Dr. Rubin afirma que alguns pais continuam usando o VVR para aliviar as crises de congestão nasal de seus filhos, normalmente esfregando a pomada nos pés ou no peito das crianças.

"Eu recomendo nunca colocar o VVR no interior ou sob o nariz de ninguém - seja adulto ou criança. Eu também recomendo seguir as indicações e nunca usá-lo em crianças menores do que 2 anos," conclui o médico.

Resposta do fabricante

Comentando a pesquisa em seu site, o fabricante do VVR afirma: "Um artigo recente na CHEST descreve estudos em animais suscitados por um único relato [sobre a segurança do medicamento]. A relevância clínica em humanos das descobertas feitas usando animais é desconhecida. A segurança e a eficácia do Vicks VapoRub foram demonstradas em múltiplos testes clínicos em humanos, que incluíram mais de 1.000 crianças com idades entre 1 mês e 12 anos."

A empresa também alerta para que o medicamento não seja utilizado nas narinas, na boca, em bandagens muito apertadas, em ferimentos ou sobre a pele arranhada, além de repetir a indicação de que o uso se destina a pessoas maiores do que 2 anos de idade.


Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos

Intoxicação

Cuidados com o Recém-nascido

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Treinar o corpo protege o coração e a mente

Cócegas na orelha melhoram saúde do coração

Álcool libera "demônio interior" de pessoas muito religiosas

Alimentos que ajudam no combate à depressão

Aparelhos para dar choques no cérebro preocupam neurologistas