Desenvolvimento de células-tronco recebe recursos a fundo perdido

Recursos não-reembolsáveis

O BNDES aprovou apoio financeiro no valor de R$ 6,6 milhões a dois projetos ligados à Rede Nacional de Terapia Celular. Os recursos não-reembolsáveis são do BNDES Fundo Tecnológico - BNDES Funtec e serão empregados na estruturação dos Centros de Tecnologia para Terapia Celular da Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto (FUNDHERP), R$ 3,57 milhões, e da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR), R$ 3,04 milhões.

Com a estruturação dos centros, a FUNDHERP e a PUC/PR têm como objetivos desenvolver tecnologias de cultivo e manipulação de células-tronco e disponibilizar essas células para pesquisas da Rede Nacional de Terapia Celular. Dessa forma, os dois projetos irão promover desenvolvimento de competência e capacitação nacional no novo campo terapêutico.

Tipos de células-tronco

A FUNDHERP irá disponibilizar células-tronco mesenquimais e a PUC/PR, células-tronco mesenquimais e progenitoras endoteliais. As primeiras são muito promissoras como ferramenta terapêutica. Acredita-se que tenham papel importante em cicatrização, reconstituição de vasos sanguíneos e formação de ossos. São capazes de se diferenciar em vários tipos de células. Já as progenitoras endoteliais se diferenciam em células endoteliais, específicas da parede dos vasos sanguíneos (endotélio) e, portanto, têm papel relevante em regeneração.

Os Ministérios da Saúde e da Ciência e Tecnologia constituíram a Rede Nacional de Terapia Celular em uma estratégia governamental de fomento a esse campo de conhecimento. Medidas como essa são fundamentais, tendo em vista o avanço alcançado pela ciência brasileira na área de terapias celulares e a importância que a medicina regenerativa ocupará no cenário da saúde pública.

Projetos estratégicos

O Funtec destina-se a apoiar projetos de interesse estratégico para o País, que tenham por objetivo estimular o desenvolvimento tecnológico e a inovação. O BNDES está ciente da importância do campo de terapias celulares para o desenvolvimento da indústria da saúde no Brasil e por isso dividiu com a Finep/MCT a responsabilidade no apoio aos centros de tecnologia celular.

Hematologia e hemoterapia

A FUNDHERP executa pesquisas em hematologia e hemoterapia e produz hemoderivados básicos e outros produtos afins às suas áreas de pesquisa. Tem como objetivos prestar serviços de assistência na área de hemoterapia e apoiar o desenvolvimento das atividades do Centro Regional de Hemoterapia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

A FUNDHERP é um centro de referência na coleta, processamento e distribuição de sangue e hemocomponentes em sua região. Desenvolve desde o ano de 2000 pesquisas com foco nas propriedades das células-tronco, suas modificações e estudos de genoma, visando à criação de instrumentos de diagnóstico e tratamento no campo da terapia celular. Possui também experiência com o desenvolvimento de protocolos clínicos na área.

Pesquisas com células-tronco

A equipe responsável pelo projeto na PUC/PR faz parte do Núcleo de Cardiomioplastia Celular, ligado ao Laboratório de Engenharia e Transplante Celular da PUC/PR. O grupo realiza estudos com células-tronco, desde pesquisa básica e ensaios pré-clínicos (em animais), a desenvolvimento e produção de células para protocolos clínicos (em humanos).

O Núcleo de Cardiomioplastia Celular iniciou seus estudos em 1999, utilizando células fetais de ratos para recuperação da função ventricular de corações de ratos enfartados. Os resultados foram positivos e os pesquisadores começaram a desenvolver técnicas em células-tronco humanas, principalmente mesenquimais retiradas da medula óssea e progenitoras endoteliais do sangue de cordão umbilical. Atualmente, são produzidas na PUC/PR células-tronco mesenquimais com qualidade para testes clínicos e progenitoras endoteliais para testes pré-clínicos.


Ver mais notícias sobre os temas:

Células-tronco

Gestão em Saúde

Desenvolvimento de Medicamentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.