Dieta antes da cirurgia melhora recuperação

Dieta antes da cirurgia melhora recuperação
Alterar a alimentação antes da cirurgia afeta a resposta do organismo e facilita a recuperação.
[Imagem: Ozaki Lab/Brigham and Womens Hospital]

Dieta antes da cirurgia

Você pode começar a cuidar da sua recuperação antes mesmo de passar por uma cirurgia.

Um estudo inédito - na proposta e nos resultados - mostrou que as refeições anteriores à cirurgia podem fazer a diferença na recuperação pós-cirúrgica, além de evitar complicações posteriores.

O estudo se concentrou no tecido adiposo - a gordura - que é normalmente muito afetado durante um procedimento cirúrgico por ser um dos componentes dominantes em todo o corpo humano.

O trauma direto sobre o tecido adiposo altera fortemente o equilíbrio químico que permite a comunicação entre a gordura e os demais órgãos do corpo.

Quando o paciente ingere uma dieta ocidental normal antes da cirurgia, há uma resposta desequilibrada muito forte nessa comunicação.

Contudo, quando se adota uma dieta de baixas calorias nas semanas anteriores à cirurgia, o desequilíbrio praticamente desaparece, com os compostos químicos presentes na comunicação entre tecido adiposo e órgãos mantendo-se em níveis praticamente normais.

Gordura e cirurgia

"Os cirurgiões já sabem que minimizar o trauma acelera a recuperação do paciente após a cirurgia," disse Keith Ozaki, da Universidade de Harvard (EUA).

"Embora façamos isto bem para órgãos específicos, como coração, vasos sanguíneos, fígado, e assim por diante, historicamente temos dado pouca atenção à gordura que cortamos para expor esses órgãos," completou.

Para avaliar o impacto do tecido adiposo sobre a recuperação dos pacientes, os pesquisadores usaram animais de laboratório, submetidos a variadas dietas e diversos níveis de trauma aos tecidos durante a cirurgia.

A dieta normal aumentou o nível de inflamações e diminuiu a síntese de hormônios especificamente ligados à gordura corporal, sobretudo nos animais mais jovens.

Por outro lado, com a ingestão de refeições menores antes da cirurgia, esses problemas foram revertidos em animais de todas as idades, mesmo naqueles que tiveram infecções simuladas.

Tirando proveito da gordura

Os resultados mostram que, como a gordura é um tecido dominante no corpo humano, sua capacidade de alteração rápida pode ser aproveitada para diminuir as complicações durante situações estressantes tais como as cirurgias.

Segundo os pesquisadores, os resultados são particularmente importantes para pacientes obesos.

"A relação entre os resultados cirúrgicos e a obesidade sempre foi complexa," disse Ozaki. "Nossos resultados e os de outros [grupos de pesquisa] ressaltam que a qualidade do tecido adiposo parece ser importante, juntamente com a quantidade de gordura corporal total, quando se trata da resposta do corpo a uma cirurgia".


Ver mais notícias sobre os temas:

Cirurgias

Obesidade

Alimentação e Nutrição

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.