Dinamarca aumenta impostos para alimentos que engordam

Imposto da gordura

Produtos ricos em gordura, como manteiga, leite, queijo, pizza, carne, óleo, azeite e alimentos processados vão pagar mais impostos na Dinamarca.

A taxação extra será aplicada sempre que os alimentos contiverem um nível de gordura saturada acima de 2,3%.

O nível de obesidade no país é inferior ao de outros países ricos, mas o governo acredita que é hora de agir.

Vilões da saúde

A medida está longe de ser uma unanimidade.

Além do problema da obesidade, pesquisas já demonstraram como a gordura corporal afeta o envelhecimento e pode até causar lesões no cérebro.

Por outro lado, alguns especialistas argumentam que a gordura não é o único vilão contra um corpo não apenas com uma aparência melhor, mas sobretudo de um corpo mais saudável.

O sal em excesso, o açúcar e os carboidratos refinados, por exemplo, podem fazer um estrago igualmente sério.

E, na Dinamarca, os produtos que contêm esses componentes em altas doses não serão afetados.

Corrida

Se seria o caso de expandir a sobretaxa para outros produtos menos saudáveis ou simplesmente pensar em medidas melhores é algo que a sociedade dinamarquesa terá que discutir.

O fato é que a medida gerou uma corrida aos supermercados, gerando falta dos produtos que vão subir de preço.


Ver mais notícias sobre os temas:

Alimentação e Nutrição

Obesidade

Dietas e Emagrecimento

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.