Dose única de vacina contra HPV protege tão bem quanto três doses

Custo da proteção

Uma única dose da vacina contra o HPV (vírus do papiloma humano) é tão eficaz na prevenção de certas infecções por HPV quanto as três doses atualmente recomendadas pelas autoridades de saúde.

A descoberta questiona os gastos realizados mundialmente pelas autoridades de saúde, que poderiam estar gastando mais do que o necessário para proteger a população.

Mas a boa notícia é que as mulheres parecem estar protegidas mesmo não tomando as três doses, um comportamento verificado também em várias partes do mundo.

As conclusões são de um estudo publicado na revista The Lancet Oncology por Aimée Kreimer e uma equipe internacional de várias instituições.

Cervarix

Na meta-análise, os dados de dois grandes ensaios clínicos da vacina Cervarix foram verificados para comparar a eficácia de uma, duas ou três doses da vacina na prevenção da infecção pelo HPV.

Embora algumas mulheres tenham recebido menos de três doses, testes de acompanhamento determinaram que a proteção oferecida por uma dose é semelhante à conseguida com três doses da vacina.

"Estes resultados entusiasmantes lidam com o fato de que quase dois terços das pessoas que recebem vacinas contra o HPV não recebem todas as três doses em tempo hábil," disse Diane Harper, da Universidade de Louisville (EUA), membro da equipe.

Câncer do colo do útero

Mundialmente, o câncer do colo do útero é o terceiro tipo de câncer mais comum entre as mulheres.

Os HPV tipos 16 e 18 estão associados a cerca de 70% dos casos desse tipo de câncer em todo o mundo. Estes e outros tipos de HPV causam um precursor do câncer do colo do útero conhecido como CIN 3.

"De todos os estudos feitos, vimos que a vacina Cervarix protege contra o CIN 3 causado por todos os tipos de HPV com 93% de eficácia", concluiu a pesquisadora.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde da Mulher

Vacinas

Sexualidade

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.