Ebola: OMS declara Nigéria livre do vírus

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reconheceu a Nigéria como livre do ebola, após 42 dias - ou dois períodos de incubação - sem qualquer novo caso confirmado do vírus.

"O vírus desapareceu. O surto na Nigéria foi derrotado. Esta é uma história de sucesso que mostra ao mundo que o ebola pode ser contido", disse o representante da OMS na Nigéria, Rui Gama Vaz.

A chegada do vírus ebola à Nigéria, a mais populosa nação africana, a principal economia e o maior produtor de petróleo, provocou receios da sua rápida disseminação pelo país de 170 milhões de pessoas.

Mas este cenário não ocorreu e especialistas de saúde envolvidos no combate ao surto da febre hemorrágica elogiaram as autoridades por sua resposta rápida.

No total, morreram oito pessoas de 20 casos confirmados na maior cidade da Nigéria, Lagos, e no centro petrolífero de Port Harcourt, tendo sido monitoradas cerca de 900 pessoas para se detectar sintomas da doença.

Além de acompanhamento dos que poderiam ter tido contato com os doentes, a Nigéria introduziu inspeções de rastreamento médico rigoroso em todos os aeroportos e portos para chegadas e partidas.

A declaração oficial da OMS de país livre da doença em relação à Nigéria ocorre depois de essa condição ter sido dada ao Senegal na sexta-feira (17).


Ver mais notícias sobre os temas:

Epidemias

Vírus

Saúde Pública

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.