Emoções podem ser evocadas de forma subliminar e inconsciente

ALERTA

Em Setembro de 2011, o pesquisador Diederik Stapel, um dos autores da pesquisa citada nesta reportagem, foi demitido pela Universidade de Tilburg com a acusão de "fabricação de dados" - usar dados falsos, não fundamentados em experimentos.

Embora não haja uma citação explícita da Universidade sobre este estudo específico, o Diário da Saúde recomenda que as conclusões sejam lidas com cautela.

REPORTAGEM ORIGINAL - Mantida sem alterações

Emoções inconscientes

A maioria das pessoas concorda que as emoções podem ser causadas por um evento específico, do qual a pessoa está consciente, como o entusiasmo de uma criança ao ver um sorvete. Mas uma nova pesquisa sugere que as emoções também podem ser evocadas e manipuladas sem que a pessoa se dê conta delas.

Os psicólogos holandeses Kirsten Ruys e Diedrick Stapel descobriram as primeiras evidências empíricas que sugerem que os humanos não precisam estar cientes de um evento capaz de alterar seus sentimentos ou seu humor para serem afetados por ele.

Resposta rápida a estímulos

Os pesquisadores teorizam que, como os humanos evoluíram para responder rápida e inconscientemente aos estímulos, eles devem ser capazes de reagir a um evento emocional sem consciência total dele. "Você poderá viver mais se parar imediatamente ao ver um urso rosnando e não necessita de uma consciência total para instigar essa resposta," dizem os psicólogos.

Eles mediram os pensamentos, sentimentos e o comportamento de voluntários para determinar se emoções específicas eram induzidas sem consciência de suas causas. A experiência envolveu a visualização de imagens subliminares, mostradas rapidamente na tela de um computador, sem tempo suficiente para que os voluntários pudessem vê-las claramente e se conscientizar do que elas representavam.

Imagens subliminares

As imagens mostradas incluíam cães bravos, banheiros sujos e imagens neutras, como cavalos e cadeiras. A seguir os participantes foram submetidos a testes que mediam o efeito das imagens sobre a sua cognição, seus sentimentos e seu comportamento.

Os participantes que viram apenas flashes contendo a imagem desagradável do banheiro sujo usaram muito mais palavras que denotavam repugnância para expressar seus sentimentos e seu humor. As que foram submetidas às imagens de cães usaram termos que denotavam medo.

Quando as imagens eram apresentadas de forma super-rápida - 40 milissegundos - os participantes eram induzidos a um humor negativo mais geral, sem uma emoção específica. Quando as imagens eram mostradas de forma rápida - 120 milissegundos - eram induzidas emoções específicas, como o medo.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sentimentos

Memória

Meditação

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.