Emoções positivas melhoram saúde e qualidade de vida

Antídoto valioso

A noção de que ter emoções positivas pode ser bom para sua saúde não é nova, mas será que isto é realmente verdade? E em que medida?

Para descobrir isso, um grupo de cientistas da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, decidiu revisar todas as pesquisas científicas já publicadas sobre a forma como as emoções positivas podem influenciar a saúde conforme os anos passam.

Os dados sugerem que as emoções positivas podem ser um poderoso antídoto para o estresse, as dores e as doenças.

O artigo que relata as descobertas foi publicado na revista Current Directions in Psychological Science.

Emoções para uma vida positiva

Existem várias rotas pelas quais uma atitude positiva pode proteger contra problemas de saúde mais tarde na vida.

"Todos nós envelhecemos. É como envelhecemos, no entanto, o que determina a qualidade das nossas vidas," afirma Anthony Ong, autor do artigo de revisão.

Por exemplo, as pessoas mais felizes podem ter uma abordagem proativa frente ao envelhecimento, exercitando-se regularmente e reservando o tempo necessário para um sono restaurador.

Alternativamente, essas pessoas podem evitar comportamentos menos saudáveis, como fumar e fazer sexo de risco.

Os benefícios destas opções de vida saudáveis podem tornar-se mais importante em idosos, quando seus corpos se tornam mais suscetíveis à doença.

Ficou demonstrado também que uma visão otimista combate o estresse, um fator de risco sabidamente associado a várias doenças.

Curar a si mesmo

Alguns dos estudos analisados constataram que pessoas com fortes emoções positivas têm níveis mais baixos de substâncias químicas associadas com a inflamação relacionada ao estresse.

Além disso, pessoas que adotam uma atitude positiva podem até ser capazes de desfazer alguns dos danos físicos causados pelo estresse.

Anthony Ong, o autor do estudo, que é psicólogo do desenvolvimento, ficou interessado no estudo das emoções positivas quando estudou o que os pesquisadores chamam o paradoxo do envelhecimento: apesar da perda notável da função física em todo o corpo, a capacidade emocional de uma pessoa parecia ficar consistente com a idade.

Ong especula que, se as emoções positivas são realmente boas para nossa saúde, então, "uma consequência direta, mensurável, serão mais anos de vida com qualidade."


Ver mais notícias sobre os temas:

Emoções

Sentimentos

Terceira Idade

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.