Encontro em São Paulo vai discutir a Medicina Translacional

O que é Medicina Translacional

Durante duas semanas em abril, 100 pós-graduandos, pós-doutorandos e jovens pesquisadores terão a oportunidade de interagir e aprender com alguns dos principais especialistas do mundo em medicina translacional - ramo da pesquisa médica que procura conectar diretamente a investigação científica ao tratamento dos pacientes.

Cerca de 40 professores de vários países discutirão, sob a perspectiva da medicina translacional, temas como genômica, desenvolvimento de drogas, imunologia, neurociências e câncer.

O evento 1st São Paulo School of Translational Science (1ª Escola São Paulo de Ciência Translacional), será realizada pelo Hospital A.C. Camargo entre os dias 19 e 30 de abril de 2010. As inscrições podem se feitas pela internet até o dia 7 de março. Poderão inscrever-se pós-graduandos e pós-doutorandos de todo o Brasil e também do exterior.

Temas avançados de ciência

O curso será o primeiro evento organizado dentro da Escola São Paulo de Ciência Avançada (ESPCA).

O objetivo da ESPCA é criar oportunidades para que cientistas brasileiros organizem cursos com a participação de especialistas internacionais e que tragam ao jovens estudantes ou pós-doutores de outros países e regiões, possibilitando a interação com estudantes e pesquisadores locais e o debate temas avançados da ciência.

Os conferencistas convidados são provenientes de mais de 20 das principais universidades dos Estados Unidos, Canadá, França, Itália, Suécia, Portugal, Argentina e Brasil. "Entre os alunos, também haverá interação internacional, pois nosso objetivo é selecionar 50 participantes brasileiros e 50 estrangeiros", disse o coordenador do evento, Emmanuel Dias Neto.

Colaboração científica

Um dos principais objetivos da iniciativa é formar um fórum capaz de promover avanços na colaboração científica entre grupos internacionais. "Essa interação é fundamental para a busca de um salto qualitativo nas nossas pesquisas, isso em todo o Brasil", disse.

Os estudantes participantes receberão bolsas e auxílio para transporte, hospedagem e alimentação. Além disso, o curso valerá créditos validados para instituições reconhecidas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

"O Hospital A.C. Camargo é a única instituição que poderia realizar essa Escola, pois sua pós-graduação, que tem uma disciplina na área de medicina translacional, tem nota 7 da Capes. Isso possibilitará que os créditos sejam aceitos por todos os outros cursos de pós-graduação em que estejam matriculados os participantes", explicou Dias Neto. O curso de 96 horas deverá render entre 10 e 12 créditos para os participantes.

Médicos cientistas

O envolvimento do corpo clínico do hospital com a pesquisa também facilitou a realização do curso. "Como estamos em um hospital, não podemos perder de vista o fato de que boa parte da ciência básica pode ser aplicada para avanços na saúde humana. E a ciência translacional consiste exatamente em aproximar a ciência básica da aplicação clínica. Por isso, não tivemos dificuldades em trazer grandes nomes internacionais da ciência translacional mundial", afirmou.

Os palestrantes, cuja diversidade é bastante ampla, abordarão temas atuais. Um deles, por exemplo, é Radoj Drmanac, da empresa Complete Genomics, sediada na Califórnia, Estados Unidos, que publicou artigo na primeira edição deste ano da revista Science sobre um processo pioneiro em que realizou o sequenciamento completo do genoma humano por US$ 4 mil - o primeiro sequenciamento do genoma humano custou cerca de US$ 15 bilhões.

"Ele falará sobre o uso da genômica como ferramenta para o tratamento personalizado dos pacientes, de acordo com suas alterações genéticas específicas. E comentará o projeto que deverá sequenciar um milhão de genomas e que foi possibilitado graças à queda do preço dos processos de sequenciamento", contou Dias Neto.

Desenvolvimento de medicamentos

Vários cientistas falarão sobre o desenvolvimento de drogas. Entre eles, dois pesquisadores do Centro de Câncer M.D. Anderson, do Texas (Estados Unidos) - os brasileiros Renata Pasqualini e Wadih Arap - falarão sobre seus achados.

"As pesquisas deles resultaram no desenvolvimento de drogas para câncer de próstata que hoje estão em testes clínicos. Falarão também de outra droga, produzida com outra molécula, mas que utiliza os mesmos princípios, que será usada no combate à obesidade", disse Dias Neto.

Também na linha de pesquisas sobre obesidade, Randy Seeley, do Instituto Nacional de Pesquisas do Genoma Humano, dos Estados Unidos, falará do tema sob o ponto de vista do sistema nervoso. "Ele estuda como o sistema gastrointestinal está conectado com o sistema nervoso e como isso afeta a ocorrência de diabetes e obesidade", explicou.

Na área de câncer, Carlo Crocce, da Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, será um dos destaques. "É um cientista eminente que tem mais de 800 artigos publicados. Ele falará aobre as alterações estruturais do genoma envolvidas com a leucemia. E tratará também de moléculas que têm papel fundamental no controle de doenças", disse Dias Neto.

Alterações do genoma

Uma tarde inteira, pelo menos, será dedicada à discussão das alterações estruturais do genoma. "Vários pesquisadores falarão, ainda, sobre o controle de metástase, multiplicação celular, adesão celular e antígenos tumorais. São temas muito importantes para a elaboração de diagnósticos e, eventualmente, de novos tratamentos para o câncer", indicou.

Embora as pesquisas no Hospital A.C. Camargo tenham foco no câncer, o curso abordará uma gama mais ampla de temas. Dois dias inteiros, por exemplo, serão dedicados à discussão de temas relacionados à neurociência que, segundo Dias Neto, é um tema importante no qual o Brasil tem grupos muito fortes.

"Partimos do conceito, que tem se fortalecido cada vez mais, de que o indivíduo é um sistema complexo de interações. Assim, muitas vezes determinada molécula tem mais de uma atividade. É o caso do príon, que regula tanto processos relacionados ao câncer como à neurociência", explicou.

Mais informações podem ser obtidas no site www.schoolscienceaccamargo.org.br.


Ver mais notícias sobre os temas:

Eventos

Desenvolvimento de Medicamentos

Genética

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.