Pesquisadores conseguem produzir esperma em laboratório

Células germinativas

Cientistas conseguiram produzir sêmen de rato em laboratório.

Segundo eles, o feito abre caminho para a produção artificial de esperma humano, o que pode revolucionar os tratamentos de fertilidade e reprodução assistida.

Na verdade, os cientistas produziram as chamadas células germinativas, que dão origem aos espermatozoides masculinos e aos óvulos femininos.

O estudo foi publicado na revista Nature.

Gelatina

As células foram colocadas em uma substância gelatinosa, similar à encontrada nos testículos.

A substância gelatinosa já era usada em outras pesquisas envolvendo reprodução celular.

"O estudo deve abrir novas estratégias terapêuticas para homens inférteis que não conseguem produzir esperma ou pré-adolescentes com câncer, que correm o risco de ficarem inférteis por causa do agressivo tratamento com quimio e radioterapia", disse Mahmoud Huleihel, membro da equipe.

Morfologia normal

Segundo o artigo os espermatozóides produzidos em laboratório apresentam "morfologia normal".

O experimento também conseguiu reproduzir com sucesso a acrossoma, a parte dianteira do espermatozóide.

O artigo diz que a substância gelatinosa usada no experimento "poder ser utilizada em tubos de laboratórios para a maturação de células germinativas de ratos pré-mitóticas ao estágio pós-mitose".


Ver mais notícias sobre os temas:

Sexualidade

Reprodução Assistida

Desenvolvimento de Medicamentos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.