Estamos vivendo uma crise de sentimentos?

Crise de empatia

Talvez você não tenha notado, mas o mundo está no meio de uma crise de empatia.

Os psicólogos começaram a chamar a atenção para o problema em 2009, quando uma pesquisa revelou um grau muito menor de empatia entre os estudantes universitários do que havia sido registrado nos anos 1970.

Agora já há orientações para que se ensine empatia nas escolas - tanto para os alunos quanto para os professores.

Que o Papa tenha dito que devemos construir uma cultura global de empatia também parece bastante natural, mas até o Wall Street Journal, a publicação "oficial" do capitalismo linha-dura, publicou um guia de como desenvolver a empatia.

Crise de sentimentos e significados

Pesquisas e análises têm mostrado evidências claras de que nossas respostas ao sofrimento humano não estão funcionando corretamente.

De um lado, as coberturas "emotivas" da mídia podem estar gerando uma espécie de "esgotamento da empatia", embotando nossa capacidade de sentir o sofrimento das outras pessoas porque as emoções são banalizadas e trazidas às nossas salas de TV a todo momento.

Por outro lado, os pesquisadores também podem dar sua ajuda no esclarecimento da questão: Eles nem sempre definem precisamente o que querem dizer com empatia em seus estudos.

Até que ponto pode-se realmente medir a empatia segundo cada definição? Será possível, ou necessário, distinguir a empatia da compaixão e do altruísmo? Os termos são muitas vezes usados de forma intercambiável nos estudos, mas isso pode minar as ações em busca do desenvolvimento dessas emoções positivas.

Assim, antes de corrermos para resolver uma crise de sentimentos, talvez precisemos primeiro resolver essa crise dos significados dos sentimentos e dos nomes dos sentimentos.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sentimentos

Emoções

Relacionamentos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.