Estudo confirma eficácia do pantenol na hidratação da pele

Propriedades hidratantes

Pesquisa da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da USP revela que o pantenol (ácido pantotênico), substância largamente utilizada na indústria farmacêutica, possui propriedades hidratantes. O estudo do farmacêutico Flavio Bueno de Camargo Junior mostra que formulações cosméticas com 1% e 5% de pantenol reforça a hidratação da camada protetora natural da pele, que previne o envelhecimento e doenças como a escamação.

Para avaliar os efeitos a curto prazo do pantenol, foram selecionadas 20 voluntárias com idade entre 20 e 35 anos, que testaram oito formulações diferentes (três géis, três géis-creme e duas emulsões), acrescidas ou não de 0,5%, 1% e 5% de D-Pantenol, versão industrializada do produto. A avaliação a longo prazo foi feita em 40 voluntárias que levaram para casa duas formulações de gel-creme das quatro estudadas, e aplicaram uma em cada antebraço, duas vezes ao dia, por um período de 30 dias.

Eficácia na hidratação

"A estabilidade física e hidratante do produto foi verificada por meio de medições do conteúdo aquoso do estrato córneo (camada mais superficial da pele), perda de água transepidérmica, função barreira da pele, viscoelasticidade e elasticidade biológica cutânea", relata o pesquisador.

"Após 15 e 30 dias de aplicação das formulações o estudo indicou que as formulações com 1% de pantenol se mostraram eficazes na hidratação, mantendo a proteção da função barreira da pele". A concentração máxima de pantenol utilizada pela indústria farmacêutica é de 5%. As voluntárias que participaram do estudo tinham peles branca, morena clara e morena moderada, não fumavam e não apresentavam alterações hormonais, alergias ou dermatoses.

Pantenol

O ácido pantotênico é um constituinte natural da pele, que também pode ser sintetizado por bactérias intestinais, e é encontrado na carne, grãos integrais, gérmen de trigo, soro do leite, rins, fígado, coração, verduras, levedura de cerveja, frutas secas, frango e melaço. Por ser uma pró-vitamina, a B-5, o pantenol é largamente utilizado na indústria farmacêutica, mas existem poucos artigos científicos sobre seus benefícios, principalmente na pele.

"O efeito hidratante, apesar de ser o mais simples na área cosmética, é o mais almejado, pois uma pele hidratada previne uma série de doenças, inclusive o envelhecimento" ressalta o pesquisador. "No caso de queimaduras, ele também pode ajudar na reconstituição da camada protetora".

Formulações cosméticas ou dermatológicas

O estudo mostrou a estabilidade física das formulações contendo pantenol, dado que não existia na literatura. "O uso de 1% de pantenol já atinge o objetivo de hidratar a pele, sendo indicado para formulações cosméticas ou dermatológicas com finalidades hidratantes, pós-sol e protetoras da saúde da pele", ressalta Camargo.

A pesquisa

A pesquisa é descrita na dissertação de Mestrado Desenvolvimento de formulações cosméticas contendo pantenol e avaliação dos seus efeitos hidratantes na pele humana por técnicas biofísicas, defendida em novembro de 2006 e orientada pela professora Patrícia Maia Campos, da FCFRP. No último mês de setembro, os resultados do estudo foram apresentados na Internacional Federation Societies of Cosmetic Chemists Conference, em Amsterdam, (Holanda).


Ver mais notícias sobre os temas:

Cuidados com a Pele

Terceira Idade

Higiene Pessoal

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.